Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Esportes

Botafogo vence, garante G-4 e torce contra Ponte para ir à Libertadores

Portal Terra

O Botafogo passou sufoco na reta final do Campeonato Brasileiro, mas conquistou neste domingo sua vaga para a Copa Libertadores da América de 2014 - ao menos provisoriamente. Jogando no Estádio do Maracanã pela 38ª rodada da competição nacional, o time carioca venceu o Criciúma por 3 a 0 e assegurou sua presença no G-4, graças à derrota do Goiás para o Santos em Goiânia.

Com o resultado deste final de semana, o Botafogo chegou a 61 pontos e terminou o Brasileiro em quarto lugar. Agora, o time torce para o Lanus derrotar a Ponte Preta nas finais da Copa Sul-Americana para evitar que o time de Campinas garanta a vaga na Libertadores. O Criciúma, por sua vez, terminou com 46 pontos.

Precisando do resultado, o Botafogo começou o jogo mais acelerado e abriu o placar logo aos 10min do primeiro tempo: após cobrança de falta de Lodeiro pela direita, a bola desviou na defesa catarinense e enganou o goleiro Galatto. O Criciúma, porém, quase empatou dois minutos depois, em forte chute de longe do volante João Vítor – Jefferson espalmou por cima.

O time carioca buscava mais o resultado, e quase chegou ao segundo gol no chute de Seedorf aos 21min – o holandês invadiu a área e chutou rente à trave. De quebra, aos 35min, Elias aproveitou o rebote de Galatto no chute de Edílson e empurrou para as redes, mas a arbitragem assinalou impedimento e invalidou o lance.

No segundo tempo, o Criciúma parecia disposto a pressionar, graças ao chute de fora da área de Bruno Renan aos 6min, que Jefferson mais uma vez defendeu. Porém, um minuto depois, João Vítor fez falta em Lodeiro e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando os catarinenses com um jogador a menos. Com 15min, Seedorf chutou, Galatto rebateu e Elias marcou, mas novamente em condição irregular.

De tanto insistir, o Botafogo chegou ao segundo gol, em jogada mais do que previsível: com 22min, Dória chutou forte da entrada da área, Galatto defendeu, a zaga não afastou, e Elias apareceu para empurrar para as redes. De quebra, aos 25min, Rafael Marques chutou forte, e só não fez o terceiro porque o goleiro do time catarinense mandou para fora.

O Criciúma ameaçou no fim, com duas boas chances – na melhor delas, aos 40min, Sueliton arrancou pela esquerda e chutou cruzado, rente à trave de Jefferson. Aos 42min, no entanto, Júlio César cruzou e Seedorf cabeceou, assegurando a vitória alvinegra.

Tags: Brasileiro, Fogo, libertadores, tabela, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.