Jornal do Brasil

Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Esportes

Qual o destino de sua cidade ou seleção? Veja sortudos e azarados da Copa

Portal TerraDassler Marques

A tensão no auditório construído na Costa do Sauípe para receber o sorteio da primeira fase da Copa do Mundo era notória na tarde de sexta-feira. Suspiros, sussurros, lamentações e discretas vibrações fizeram com que representantes de cidades e seleções tivessem uma tarde de alta adrenalina no complexo do litoral baiano. Ao final do sofrimento, muitos tiveram motivos para sorrir, mas lágrimas também rolaram por decepções com as chaves sorteadas pela Fifa.

Analisar azarados e sortudos em um sorteio da Copa é relativo e pode perder sentido quando a bola rolar. Mas um olhar frio sobre a tabela do Mundial revela quem deixou a Costa do Sauípe mais ansioso pelo início do Mundial e quem terá de controlar a decepção por uma tarde longe da ideal.

Veja quais foram os maiores azarados e sortudos do sorteio da Copa.

Sortudos

França

Se o mesmo critério de definição dos cabeças-de-chave, baseado no ranking da Fifa, fosse utilizado, haveria 75% de chance de os franceses enfrentarem um campeão mundial já na primeira fase. Com a escolha por um sorteio para definir o europeu do pote, a França riu à toa, ainda mais quando sorteada em um grupo acessível, com Suíça, Equador e Honduras.

Argentina

Logisticamente, os argentinos foram beneficiados por um jogo a poucos quilômetros do centro de treinamento escolhido, na região metropolitana de Belo Horizonte. Geograficamente, uma partida em Porto Alegre irá promover uma invasão de torcedores à capital gaúcha. E dentro de campo Irã, Bósnia e Nigéria estão longe de ser as seleções mais temidas desta Copa. Isso sem contar a possibilidade razoável de um caminho relativamente sem bicho-papão até uma semifinal.

Bélgica e Colômbia

Ser cabeça-de-chave pela primeira vez na história fez diferença para Bélgica e Colômbia. As duas seleções, bem ranqueadas na Fifa mas sem tradição em Copas do Mundo, vão ter uma primeira fase contra adversários média e fracos, com boas possibilidade de avançarem com sobras para as oitavas.

Manaus

Polêmicas com Roy Hodgson à parte, a capital amazonense receberá o clássico Itália x Inglaterra. Fora isso, terá a oportunidade de acompanhar Cristiano Ronaldo, um dos melhores do mundo, em ação na partida Portugal x Estados Unidos. Ótima média para uma sede que se despedirá com apenas quatro jogos na primeira fase.

Salvador

O santo de casa fez milagre para a capital baiana. Os orixás entraram em ação na Costa do Sauípe e reservaram a Salvador o cardápio mais apetitoso da primeira fase da Copa do Mundo. Logo de cara, a reedição da final de 2010 com Holanda x Espanha. Na sequência, um Alemanha x Portugal que irá opor uma das melhores seleções do mundo a um dos jogadores mais espetaculares. E de lambuja um França e Suíça com cara de jogo decisivo. O jogo Bósnia x Irã servirá apenas de descanso para oitavas e quartas também programadas para a Fonte Nova. 

Azarados

Chile

O título também vale em menor peso para Holanda e Espanha, seus companheiros de grupo. Mas quem tem mais motivos para chorar são os chilenos. Time que venceu a Inglaterra em Wembley recentemente, fez jogo duro com Brasil e cresceu demais de produção desde que Jorge Sampaoli assumiu o cargo, a Copa de 2014 tinha tudo para marcar mais uma boa campanha do Chile. Ter os atuais vice e campeão mundial aumenta e muito o desafio para os sul-americanos.

Uruguai, Inglaterra e Itália

Pela primeira vez irão formar um grupo de três campeões mundiais em uma Copa do Mundo. Isso já é o suficiente para a conquista do troféu azarado da noite. Mas o desempate garante o título aos ingleses, que além de terem uma primeira fase espinhosa jogarão em Manaus, cidade onde anunciaram publicamente que gostariam de evitar, provocando respostas duras e uma tremenda saia-justa. Quarta seleção do grupo, a Costa Rica já tinha ambições modestas, o que diminui o tamanho de sua decepção.

Belo Horizonte

Ter duas campeãs mundiais na cidade pode ser motivo de comemoração, mas vê-las enfrentar adversários com alto potencial de saco de pancadas desanima. Ainda mais para quem acompanhou o Taiti recentemente em ação na Copa das Confederações. Se Argentina x Irã e Inglaterra x Costa Rica não são jogos de alta competitividade, os mineiros terão em Colômbia x Grécia talvez o jogo mais equilibrado para assistir. Bélgica x Argélia completa uma primeira fase comparável à sorteada equivocadamente pelo chef Alex Atala na Copa das Confederações.

Cuiabá e Curitiba

Todos os jogos da Copa do Mundo têm seus atrativos e garantem boa presença de público. Mas Cuiabá e Curitiba ficaram com o gosto de “quero mais”. Cidade com estádio mais atrasado em construção, a capital paranaense ainda terá a Espanha para acompanhar diante da Austrália – e provavelmente como hóspede no CT do Atlético-PR. Mas Cuiabá se despedirá da Copa sem ver nenhuma seleção campeã mundial em seu campo. Ambas encerram suas participações na Copa com a primeira fase.

Natal

Serão três jogos. Nenhum campeão mundial em campo. E grande risco de não receber um jogo memorável para a história das Copas. Natal deve ter como ápice a partida México x Camarões, que interessa diretamente à Seleção Brasileira. Gana x Estados Unidos e Grécia x Japão completam os duelos na capital potiguar.

Tags: chave, Fifa, grupos, Mundial, sorteio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.