Jornal do Brasil

Segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Esportes

Fifa promete homenagem a Pelé e compensa saia-justa após 2 anos

Portal Terra

Deixado de lado no sorteio das Eliminatórias para a Copa do Mundo, realizado em 2011, Pelé será coberto de honrarias na próxima sexta-feira. A data irá marcar a definição dos oito grupos do Mundial de 2014 e também vai permitir a redenção depois de verdadeira saia-justa que ocorreu na ocasião de dois anos atrás, no Rio de Janeiro. 

lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipisicing elit
lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipisicing elit

Por atritos de bastidores com Ricardo Teixeira, então presidente da CBF e do Comitê Organizador Local, Pelé não foi convidado para o sorteio em julho do ano retrasado. Ao tomar conhecimento da ausência, a presidente Dilma Rousseff nomeou o ex-jogador para o cargo de embaixador do governo federal para a Copa do Mundo, na mesma semana do sorteio, no Rio.

Pelé então se sentou ao lado de Dilma na cerimônia, e ambos mantiveram distância de Teixeira. Também em atrito com o ex-dirigente da CBF na época, Joseph Blatter, presidente da Fifa, admitiu surpresa pela ausência de Pelé no Rio de Janeiro. No meio do ano, durante a Copa das Confederações, o ex-jogador também não realizou aparições públicas, seja na abertura ou na decisão. 

Já na Costa do Sauípe, onde ocorre o sorteio final na próxima sexta-feira, Pelé não foi um dos oito ex-jogadores selecionados pela Fifa (Cafu é o representante brasileiro), mas deve ser uma das estrelas do evento. Mesmo que se mantenha distante da CBF na atualidade, ele foi convidado por Blatter e receberá homenagens. A informação foi confirmada por David Ausseil, diretor da Fifa que participou da montagem do cerimonial. 

"Ele vai subir no palco, mas vou deixar até sexta para que vocês também se surpreendam", disse David. "Ele não será um dos ajudantes", foi a única pista. "Será o momento 'uau' do show", disse Luiz Gleiser, diretor da GEO Eventos, responsável pela parte artística do sorteio final da Copa do Mundo de 2014. 

Em 2005, curiosamente, Pelé foi festejado pelos brasileiros por sua participação no sorteio realizado em Leipizig, na Alemanha. Ele era responsável por definir o destino de oito seleções do Pote 3, preenchido por equipes europeias na ocasião. Para o Brasil, a Croácia foi a adversária selecionada, enquanto a Argentina pegou a Holanda e a Itália ficou com a República Checa, então em grande fase. 

Tags: brasileiros, curiosamente, festejado, participação, pelé

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.