Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Esportes

Com um a mais, Atlético-MG derruba São Paulo no Morumbi e vê vaga próxima

Portal TerraAllan Farina

Diante de mais de 57 mil pessoas, o maior público do Estádio do Morumbi no ano, o Atlético-MG venceu o São Paulo por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

A equipe mineira aproveitou a expulsão do zagueiro Lúcio, ainda na etapa inicial, para frear a empolgação que vinha das arquibancadas e, com gols de Ronaldinho e Diego Tardelli, abriu vantagem na competição continental.

O resultado deixa a situação bem encaminhada para o Atlético-MG, que pode até perder por 1 a 0 no jogo de volta, em Belo Horizonte, que fica com a vaga. O São Paulo precisará vencer por dois gols de diferença ou mais, ou então por um gol desde que marque pelo menos três vezes. Se o time paulista fizer 2 a 1, a decisão sairá nas cobranças de pênalti. O reencontro está marcado para a próxima quarta.

Empolgado pelo barulho ensurdecedor das arquibancadas lotadas do Morumbi, o São Paulo levou 9min para abrir o placar. Aloísio cruzou rasteiro, Gilberto Silva não conseguiu o corte e Ganso ficou com a sobra. O meio-campista cortou dois marcadores pela direita da área e então rolou no meio para Jadson bater com força, estufando as redes. A partir daí, o anfitrião partiu para cima, pressionando o Atlético-MG.

A euforia durou até os 35min, quando Lúcio chegou atrasado para dividida com Bernard e acertou a sola da chuteira na coxa do rival. O experiente atleta levou o segundo amarelo e foi expulso. Ademílson, que havia perdido duas chances claras de gol, mas participava ativamente da partida, foi o escolhido para dar lugar ao zagueiro Rhodolfo - ele havia entrado em campo há pouco tempo, na vaga do lesionado Aloísio. Foi a partir da saída de Lúcio que o Atlético-MG equilibrou o jogo.

O gol de empate saiu aos 42min, em cobrança de escanteio de Bernard. A bola cruzou a área e Ronaldinho, sem precisar saltar, completou de cabeça no canto oposto. De volta para o segundo tempo, o time mineiro continuou matando as tentativas tricolores de recolocar a empolgação em campo. Aos 14min, Diego Tardelli recebeu passe na área e tocou na saída de Ceni para virar.

A situação ficou ainda mais complicada para o São Paulo quando Rhodolfo sentiu lesão e deixou o time desprovido de defensores. Douglas entrou em seu lugar. O Atlético-MG, por sua vez, sofreu com o cansaço físico a ponto de Bernard, um dos destaques, ser substituído.

Nos minutos finais, o time mineiro sufocou as tentativas de reação e segurou a bola para abrir importante vantagem em pleno Morumbi. No último lance, ainda perdeu contra-ataque mortal com Luan e Rosinei.

Ficha técnica

SÃO PAULO 1 x 2 ATLÉTICO-MG

Gols

SÃO PAULO:

Jadson, aos 9min do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG:

Ronaldinho, aos 42min do primeiro tempo, e Diego Tardelli, aos 14min do segundo tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Lúcio, Rafael Toloi e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e P.H.Ganso; Osvaldo e Aloísio (Ademilson; Rhodolfo; Douglas)

Técnico: Ney Franco

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Gilberto Silva, Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete (Josué), Diego Tardelli (Rosinei), Ronaldinho Gaúcho e Bernard (Luan). Jô

Técnico: Cuca

Cartões amarelos

SÃO PAULO: Lúcio

ATLÉTICO-MG: Marcos Rocha, Leandro Donizete, Bernard e Josué

Cartão vermelho

SÃO PAULO: Lúcio

Árbitro

Antonio Arias (PAR)

Local

Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Tags: Disputa, Galo, jogo, libertadores, são paulo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.