Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Esportes

L. Fabiano faz dois, São Paulo vira e derruba Corinthians no Pacaembu 

Portal TerraDiego Garcia

São Paulo - O tabu era válido desde 2005, ano no qual o São Paulo derrotou o Corinthians pela última vez no Pacaembu, com uma goleada por 5 a 1. Neste domingo, no primeiro jogo de Luís Fabiano contra o rival alvinegro desde seu retorno ao Brasil, a escrita de sete anos foi quebrada, com atuação decisiva do centroavante, que marcou dois gols na virada são-paulina por 2 a 1.

A vitória na última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro leva o São Paulo à quinta posição com 31 pontos. O Corinthians, por sua vez, caiu para o 12º lugar, estacionado com 24 pontos.

Na próxima rodada, o São Paulo pega o Botafogo no Morumbi, enquanto o Corinthians vai ao Rio de Janeiro jogar contra o Fluminense, que neste sábado derrotou o Vasco e se manteve no topo da tabela, encostado no líder Atlético-MG.

O jogo

O Corinthians começou o clássico com tudo. Empurrando o São Paulo para o seu campo de defesa com uma marcação por pressão muito forte, os comandados de Tite aplicaram uma blitze inicial que deixou a equipe de Ney Franco atônita, sem reação.

Com domínio absoluto da partida, o clube alvinegro não tardou a abrir o marcador. Paulo Assunção, que realizou seu primeiro clássico com a camisa do São Paulo, perdeu a bola na entrada da área para Paulinho, que rolou para Emerson, livre, chutar no contrapé de Rogério Ceni e colocar o Corinthians na frente aos 5min.

Paulinho realizou novo desarme no campo de ataque corintiano dois minutos depois, mas foi fominha e chutou da meia lua para defesa do capitão são-paulino. Acuado, o São Paulo viu seu goleiro salvar a equipe novamente aos 9min, após finalização de Douglas.

O Corinthians criou nova oportunidade aos 12min, com Emerson. O atacante aproveitou a sobra de um cruzamento na marca do pênalti, mas Rafael Tolói salvou o São Paulo em cima da linha. A equipe visitante, então, finalmente conseguiu se acertar em campo e sair para o jogo, se concentrando nos contra-ataques.

No primeiro deles, aos 23min, Lucas se livrou da marcação corintiana e rolou para Luís Fabiano bater de primeira, à direita de Cássio, e empatar a partida até entao dominada pelos mandantes. O gol deu tranquilidade ao São Paulo, que terminou a primeira etapa jogando de igual para igual com o rival.

As equipes encontraram maior equilíbrio no retorno dos vestiários. Com Martínez no lugar de Douglas, o Corinthians não mostrou o mesmo fôlego do período anterior e esperou mais o São Paulo no campo de defesa, ao invés de sair para pressionar o rival. O jogo mais lento permitiu que os meio-campistas são-paulinos administrassem melhor a partida e criassem algumas jogadas, embora pouco perigosas.

A paciência do time visitante, porém, foi recompensada aos 16min. Em novo contra-ataque, Jadson enfiou para Luís Fabiano, que aplicou um drible da vaca em Cássio e tocou para o fundo das redes para virar o jogo. Com o tento, o centroavante chegou a nove gols no Campeonato Brasileiro e se igualou a Fred e Vagner Love na tabela de artilheiros da competição.

Nervosos, os atletas do Corinthians passaram a reclamar com o árbitro Wilson Luiz Seneme a cada lance duvidoso na partida. Os mandantes se irritaram com Seneme após uma dividida entre Rafael Tolói e Emerson antes do gol da virada, na qual o atacante corintiano foi atingido dentro da área, mas nenhuma infração foi marcada.

Satisfeito com o resultado, o São Paulo recuou e esperou o rival no seu campo de defesa, mais tranquilo e errando menos na saída de bola, ao contrário do que ocorreu na primeira etapa.

Ficha técnica

CORINTHIANS 1 X 2 SÃO PAULO

Gols

CORINTHIANS: Emerson, aos 5min do primeiro tempo

SÃO PAULO: Luís Fabiano, aos 23min do primeiro tempo e aos 16min do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro (Ramírez), Paulo André (Guilherme), Chicão e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas (Martínez), Danilo; Romarinho e Emerson

Treinador: Tite

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Tolói, Rhodolfo e Douglas; Paulo Assunção, Denilson, Maicon (Cícero) e Jadson; Lucas e Luís Fabiano (Casemiro)

Treinador: Ney Franco

Cartões amarelos: Rafael Tolói, Maicon

CORINTHIANS: Paulo André, Romarinho, Chicão

SÃO PAULO:

Árbitro

Wilson Luiz Seneme (SP)

Local

Estádio Pacaembu, em São Paulo

Tags: Brasileiro, competição, Disputa, futebol, jogo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.