Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

Esportes

Com batida e Alonso espetacular, Massa não se livra de inferno astral

Portal Terra

No momento mais difícil de sua carreira na Fórmula 1, Felipe Massa não conseguir dar a resposta necessária para melhorar seu prestígio na Ferrari no GP da Europa. Ameaçado de perder o posto em 2013, o brasileiro fazia uma corrida apenas regular neste domingo quando envolveu-se em uma batida com Kobayashi e teve a corrida de recuperação comprometida. Terminou em 16º e viu seu companheiro Fernando Alonso vencer de maneira espetacular.

Assim como o espanhol, 11º (no grid), Felipe Massa não tinha conseguido se qualificar para o Q3 no treino de sábado e teve que largar em 13º lugar no GP da Europa.

Logo na largada, o brasileiro, conseguiu conquistar três posições subindo para a décima posição e foi pressionar o britânico Paul di Resta na batalha pela nona colocação, mas não conseguia ultrapassar o piloto da Force India.

Na tentativa de conseguir fazer mais pontos, antecipou a sua parada em uma estratégia ousada. Mas o safety car foi obrigado a entrar na pista após a colisão entre Vergne, da Toro Roso, e Kovalainen da Caterham.

Após a saída do carro de segurança o brasileiro recebeu um toque no pneu dianteiro direito de Kobayashi e teve que ser obrigado a parar nos boxes, o piloto da Sauber após essa batida se retirou da corrida.

Com a colisão o brasileiro caiu para a 18ª posição e terminou a corrida de Valência em 16º, mesma posição em que está no Mundial de Pilotos. O seu pior ano na Fórmula 1 terá continuidade no dia 8 de julho, quando mais uma vez entrará pressionado para o GP da Grã-Bretanha.

Tags: Europa, fórmula um, formule one, grande, pódio, Prêmio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.