Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Esportes

"Minhas lutas são engraçadas", afirma Anderson Silva

Portal Terra

Dono do recorde de 14 vitórias consecutivas no UFC (Ultimate Fighting Championship), sendo nove delas em defesas de cinturão, Anderson Silva alcançou um nível raramente visto nas artes marciais. Sem adversários capazes de pará-lo no peso médio, o "Spider" abusa do show durante suas lutas, como no último combate contra Yushin Okami, no UFC Rio, em 27 de agosto, quando permaneceu no octógono sem guarda durante alguns minutos, antes de nocautear o japonês. Nesta terça-feira, na gravação do Programa do Jô, o lutador brincou sobre o nível soberbo que chegou na carreira.

Anderson Silva afirmou que suas lutas acabam sendo engraçadas para ele
Anderson Silva afirmou que suas lutas acabam sendo engraçadas para ele

"Sempre os jornalistas, antes das lutas, perguntam o que penso, como será minha estratégia e essas coisas, e sempre respondo: 'a minha luta será engraçada'. Depois eu vejo, e é engraçada mesmo", brincou o campeão da categoria dos médios do UFC e principal atração do talk-show comandado por Jô Soares na última terça-feira.

Apesar de brincar sobre seus recentes combates, Anderson adota sempre um tom de ponderação ao abordar a superioridade no evento. Diante do renomado entrevistador, o "Spider" agradeceu pelo sparring que o acompanha.

"Sou um privilegiado de ter bons professores, que sempre foram incisivos comigo. A arte marcial foi criada para se defender. Procuro passar isso para os meus alunos, que é necessário primeiro se defender, para depois ter o ataque. Como um tubarão: você tem que ser preciso, rápido e eficiente. Sempre me ensinaram isso", afirmou o lutador.

Consagrado e renomado atualmente, Anderson, no entanto, enfrentou muitas dificuldades para conseguir alcançar tamanho status, precisando "burlar" leis familiares para conseguir treinar quando criança.

"Treinava escondido da minha tia, que não sabia de nada. Não poderia chegar machucado em casa, tomava todo o cuidado. Teve um dia que torci o braço ao cair com o cotovelo no chão. Contei só para a minha irmã, e pedi para ela guardar segredo. Passou um tempo e ela descobriu o que aconteceu", brincou.

Tags: Anderson Silva, invencibilidade, lutas, mma, ufc

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.