Jornal do Brasil

Esportes

Fla sofre em jogos decisivos no Maracanã

Jornal do Brasil

O empate de 0 a 0 com o Corinthians, quarta-feira, no Maracanã, no primeiro jogo pelas semifinais da Copa do Brasil, foi mais um resultado frustrante para a torcida do Flamengo. Não apenas porque o time deixou escapar a oportunidade de ficar mais próximo da final, mas principalmente por escancarar a enorme dificuldade que o rubro-negro vem enfrentando em jogos decisivos ou de mata mata no estádio que é a sua casa.

Este ano, o Flamengo já disputou cinco jogos decisivos no Maracanã e ganhou apenas um. Foi no 1 a 0 sobre o Grêmio, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Nos outros quatro não conseguiu vencer. E o pior: só fez um gol, exatamente o que garantiu a vitória sobre os gaúchos.

Macaque in the trees
Diego contra o Corinthians. Dificuldade em fazer gols nos jogos decisivos diante da torcida (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O primeiro revés foi na semifinal do Campeonato Carioca,. Mesmo podendo empatar, o time perdeu para o Botafogo por 1 a 0. Depois teve o decepcionante empate de 0 a 0 com a Ponte Preta, no jogo de volta pela Copa do Brasil. Menos mal que o empate garantiu a classificação.

O pior momento, sem dúvida, foi a derrota de 2 a 0 para o Cruzeiro, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O resultado foi tão ruim que nem mesmo a vitória por 1 a 0, no Mineirão, evitou a eliminação.

Anteontem, mas uma vez o time frustrou a torcida com uma atuação muito aquém das expectativas dos rubro-negros. O time do técnico Maurício Barbieri teve 70% de posse de bola e concluiu 21 vezes a gol. Mas a rigor, só ameaçou o gol de Cássio para valer uma única vez. “Se pegarmos só os jogos de mata mata os números realmente não são bons. Mas se pegarmos o Campeonato Brasileiro, somos o melhor mandante”, afirmou Barbieri, trazendo para a discussão um detalhe que não faz parte do assunto em questão.

Amanhã o Flamengo enfrenta o Vasco, no Estádio Mané Garrincha. Em quarto lugar, precisa vencer para não se distanciar de Internacional, São Paulo e Palmeiras.



Recomendadas para você