Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

País - Eleições 2014

Lindberg propõe criação de linha de barcas entre o Rio e São Gonçalo

Jornal do Brasil

O candidato ao governo do Rio pela Frente Popular (PT-PV-PSB-PCdoB), senador Lindberg Farias, fez campanha, nesta quarta-feira, no terminal de barcas da Praça XV, no Centro do Rio, onde cobrou do governo estadual a criação de uma linha para atender à população de São Gonçalo. "Por que as barcas ligando o Centro a São Gonçalo, até agora, não saíram do papel?", indagou, depois de um corpo a corpo com usuários que desembarcavam no local. Se eleito, o candidato garantiu que vai exigir da concessionária, a mesma que administra a ponte Rio-Niterói, a implantação dessa modalidade de transporte para beneficiar os moradores de São Gonçalo, a segunda cidade mais populosa do estado, com cerca de um milhão de pessoas.

"Vamos exigir que a concessionária coloque uma ligação direta para São Gonçalo a partir da Praça XV. É a melhor opção, o melhor caminho. Esse é o nosso projeto. Vamos melhorar a vida das pessoas", afirmou, acrescentando que seu projeto inclui também a melhoria da estação e renovação da frota, uma vez que as barcas estão ultrapassadas. 

Além de investir no sistema de barcas, Lindberg assegurou que vai transformar os trens da SuperVia em metrô de superfície para atender aos moradores da Baixada Fluminense e da Zona Oeste do Rio, ao custo de R$ 4 bilhões. Segundo Lindberg, o valor representa menos da metade dos recursos gastos pelo Governo do Estado na construção da linha 4, que vai ligar Ipanema até a Barra da Tijuca. "Com esse recurso dá também para fazer a reforma das estações e investir em velocidade e mais segurança", completou.

O candidato pela Frente Popular ressaltou que sua candidatura representa um novo caminho, a opção da nova política para o Rio, enquanto adversários, como Anthony Garotinho (PR) e Luiz Fernando Pezão (PMDB), representam o velho. Destacou que o governo estadual está desgastado e não consegue manter seus projetos, a exemplo das UPPs. Na avaliação do petista, o Rio, que foi o epicentro das manifestações de junho de 2013, está pedindo transformação. "Existe um sentimento de mudança", completou.

Tags: 2014, campanhas, candidatos, Eleições, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.