Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

País - Eleições 2014

Ibope: em SP, Marina tem 39%, Dilma, 23%, e Aécio, 17%

No Rio, Ibope aponta Marina, com 38%, Dilma, com 32%, e Aécio, com 11%

Jornal do Brasil

Marina Silva (PSB) cresceu 4 pontos em uma semana e chegou a 39% das intenções de voto no Estado de São Paulo, aumentando sua vantagem sobre Dilma Rousseff (PT), que permanece com 23% entre os paulistas. É o que mostra nova pesquisa Ibope feita entre sábado e segunda-feira, para o Estado e a Rede Globo, sobre as disputas pelos governo estadual e presidencial em São Paulo.

O crescimento de Marina no eleitorado paulista se deu pelo menos em parte às custas de Aécio Neves (PSDB). O tucano foi de 19% para 17%. Outros dois pontos vieram dos eleitores que pretendem anular ou votar em branco (foram de 9% para 7%). Há também 10% de eleitores indecisos, e 4% se dividem entre os nanicos.

A maior vantagem de Marina sobre seus adversários em São Paulo está no eleitorado evangélico. A candidata do PSB tem 49% dos votos dos eleitores dessa religião, contra 20% de Dilma e 9% de Aécio. Já entre os católicos a disputa é bem mais parelha: 36% para Marina contra 25% de Dilma e 19% de Aécio.

Quarenta e três por cento dos eleitores de Geraldo Alckmin (PSDB) declaram preferir também Marina, contra apenas 26% que votam no governador tucano e no candidato de seu partido, Aécio Neves, para presidente. Dilma está tecnicamente empatada com o rival no eleitorado de Alckmin, com 23% das preferências. Marina tem 51% dos eleitores de Paulo Skaf (PMDB) e 16% dos de Alexandre Padilha (PT).

A pesquisa Ibope foi feita entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, em 87 municípios do Estado de São Paulo. Foram feitas 1.806 entrevistas face a face. A margem de erro máxima é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Resultados permitem algumas reflexões

Os resultados não devem estar distantes dos números a serem divulgados amanhã pelo Datafolha. A sinalização desses resultados permite algumas reflexões: 

1 - as bancadas do PT e do PMDB serão muito reduzidas nas próximas eleições.

2 - o resultado das pesquisas, que poderão sair nas próximas 24 horas, pode provocar um novo acidente na campanha presidencial. O candidato Aécio Neves, preocupado com a situação econômica do país, fazendo com que a eleição se arraste por mais 60 dias, poderia precipitar o resultado em um turno só.

No Rio, Ibope aponta Marina, com 38%, Dilma, com 32%, e Aécio, com 11%

No Rio, a pesquisa pesquisa Ibope apontou que, entre os eleitores do estado, Marina Silva (PSB) tem 38% das intenções de voto, Dilma Rousseff (PT), 32%, e Aécio Neves (PSDB), 11%, na corrida para a Presidência da República.

No levantamento anterior, realizado em agosto, a candidata do PSB aparecia com 30%, atrás da presidente e candidata à reeleição pelo PT, que tinha 38%. Aécio manteve os 11%.

Pastor Everaldo (PSC) tem 2%. Brancos e nulos somam 10%, e outros 6% não sabem ou não responderam. Os candidatos Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB), Luciana Genro (PSOL), Mauro Iasi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO), e Zé Maria (PSTU) somam, juntos, 1%.

Tags: 2014, campanhas, candidatos, Eleições, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.