Jornal do Brasil

Quinta-feira, 25 de Dezembro de 2014

País - Eleições 2014

Eleitores do Rio denunciaram 3.158 casos de propaganda irregular este ano

Agência Brasil

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) já recebeu este ano 3.158 denúncias de propaganda eleitoral ilegal, das quais 1.870 se referem a faixas, cartazes e panfletos colocados de forma irregular em vias públicas. Os dados foram divulgados hoje (21) pela Justiça Eleitoral.

Somente nos 20 primeiros dias de agosto, o sistema e-Denúncia do TRE-RJ recebeu 1.316 novas queixas de propaganda eleitoral irregular. O município do Rio ocupa a  liderança do total das ocorrências, com 2.054 queixas, seguido de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, com 142 registros; e São Gonçalo, na região metropolitana, com 114 reclamações.

Falando à Agência Brasil, o sociólogo Luiz César de Queiroz Ribeiro, professor do Observatório das Metrópoles, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), disse que “é extremamente importante que a população exerça essa função de monitoramento da observância das regras eleitorais”. Para ele, ao assumir o papel de fiscal, a população contribui para reduzir as desigualdades na eleição, vez que os mais poderosos costumam ser também os mais descumpridores das leis eleitorais.

O sociólogo salientou que as regras foram estabelecidas para gerar uma competição minimamente equilibrada. “Não cumprir as regras faz com que as diferenças de poder e de capacidade  econômica que já existem na sociedade acabem se traduzindo, no processo eleitoral, em uma situação de competição desigual”.

As irregularidades podem ser denunciadas pelo sistema e-Denúncia, no site do TRE-RJ, ou pelo Disk-Denúncia (21) 2253-1177. O sigilo do denunciante é garantido, disse a assessoria de imprensa do tribunal. As reclamações são encaminhadas para a Coordenadoria de Fiscalização da Propaganda Eleitoral.

Entre as irregularidade que podem ser denunciadas também estão o abuso de poder econômico e político, a captação ilícita de sufrágio e o uso da máquina pública, entre outras. Os candidatos que infringem as regras estão sujeitos a penalidades que vão de multa a cassação de registro da candidatura ou do diploma de eleito. De acordo com o TRE-RJ, o total de multas aplicadas aos candidatos ao governo do Rio, até o momento, soma R$ 2.788.594.

Tags: 2014, denúncias, Eleições, impugnações, propaganda

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.