Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País - Eleições 2014

TRE atrasa novamente relatório sobre gráfica e coligação do PMDB

Jornal do Brasil

A assessoria de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral informou nesta quarta-feira (20) que o relatório previsto para esta quarta-feira, que fala sobre o caso de suspeita de fraude em produção de material eleitoral da coligação do PMDB, não ficou pronto. Ele tinha sido prometido para a última sexta-feira (15) e depois adiado para hoje. O Ministério Público depende do relatório para poder impetrar ações contra os envolvidos. 

A fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro lacrou, por tempo indeterminado, a empresa de comunicação visual High Level Signs, no Méier, na sexta-feira (8). Segundo o TRE, a gráfica mantém contratos com a prefeitura do Rio e o governo estadual, com indícios de participação em esquema de desvio de dinheiro público para elaboração da propaganda de candidatos governistas da coligação PMDB, PP, PSC, PSD e PTB, em especial do ex-chefe da Casa Civil do prefeito Eduardo Paes (PMDB), o candidato a deputado federal Pedro Paulo (PMDB). Foram apreendidos R$ 28 mil em dinheiro, farto material de campanha, oito computadores e documentos.

>>Gráfica: advogada diz que MPE deve aplicar punição severa aos envolvidos

 >> "Candidaturas devem ser impugnadas", diz Itagiba sobre denúncia do TRE

>> Pé no freio: material de candidatos da coligação do PMDB fica escasso no Rio

>> Procuradoria pode impedir candidatura de envolvidos em suposto desvio de verba 

>> Chico Alencar ataca uso da ‘máquina da prefeitura’

>> Rio: TRE desmantela suposto esquema de fraude para o PMDB

Autor

Tags: #eleições2014, Eleições, gráfica, hight level, MP, Rio, RJ, tre

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.