Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

País - Eleições 2014

WhatsApp cria rusga entre PT e grupo de comunicação no RS

Portal Terra

Uma mensagem do assessor de imprensa do governador Tarso Genro (PT) ao diretor de jornalismo do Grupo Bandeirantes no Rio Grande do Sul acerca da divulgação de uma pesquisa de intenção de votos criou uma crise entre a campanha petista e o grupo de comunicação. O levantamento feito pelo Instituto Methodus, a pedido da revista Voto, divulgado na segunda-feira, mostrava uma vantagem de 11 pontos percentuais da candidata do PP ao Palácio Piratini, Ana Amélia Lemos, em relação ao petista.

No dia da divulgação do levantamento pela Band, Guilherme Gomes, assessor do governador, enviou uma mensagem pelo WhatsApp ao diretor de Jornalismo do Grupo Bandeirantes no Estado, Renato Martins, na qual teria dito “me espanta que a Band, reconhecida pela credibilidade, não avalie os reflexos e mantenha a divulgação. Essa decisão vai acarretar em uma nova relação entre nós e a Band”.

Na edição do jornal local, a Band respondeu que “o que espanta é que o governador Tarso Genro pense que esse tipo de pressão, ou ameaça, funcione com o Grupo Bandeirantes. Nunca funcionará. A Band vai continuar divulgando pesquisas eleitorais dos institutos que escolher, segundo os seus critérios reconhecidamente legítimos”.

Em entrevista ao Terra, Gomes disse que não comentaria mais o assunto. Falou apenas que “a mensagem foi editada” quando foi ao ar, e reclamou de colunistas que, ao repercutirem o assunto, “colocaram palavras que eu não escrevi”.

Pesquisas

A pesquisa do Instituto Methodos divulgada na segunda-feira mostrou Ana Amélia com 42,4% das intenções de voto, seguida por Tarso com 31%, com margem de erro de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%. Ao todo, 1,5 mil pessoas foram entrevistadas, no levantamento feito a pedido da Revista Voto, entre os dias 8 e 13 de agosto, com registro no Tribunal Superior Eleitoral nº 00010/2014.

No dia 15 de agosto o Instituto Datafolha divulgou uma pesquisa, encomendada pelo grupo RBS, realizada entre os dias 12 e 14 deste mês, com 1.233 pessoas, que mostrava Ana Amélia com 39% das intenções de voto, nove a mais que Tarso Genro, com 30%. A margem de erro era de 3 pontos percentuais.

Já a pesquisa Ibope, do dia 7 de agosto, contratada pelo Grupo RBS, mostrava Ana Amélia, com 36% das intenções de voto, e Tarso Genro, com 35%, com margem de erro de três pontos percentuais. Foram entrevistadas 812 pessoas, entre os dias 2 e 5 de agosto.

Tags: 2014, Eleições, estadual, gaúchos, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.