Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País - Eleições 2014

Exploração eleitoral prejudica situação da Petrobras, diz Gilberto Carvalho

Agência Brasil

O secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse hoje (11) que a exploração eleitoral da situação da Petrobras prejudica a empresa. Carvalho participou, durante a manhã, na capital paulista, de uma palestra organizada pelo Centro Acadêmico 11 de Agosto da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

“A gente acha muito ruim, negativo, tentar usar, desmerecer, rebaixar a Petrobras, um patrimônio que não é do governo. É um patrimônio nacional. E nós sabemos que, como a Petrobras tem ações na bolsa [de valores], quanto mais se divulga que ela está com problemas, é profecia que se autorrealiza, você ajuda a piorar a situação da Petrobras”, destacou.

Na sexta-feira (8), a empresa divulgou que o lucro líquido, no segundo trimestre, ficou em R$ 4,959 bilhões – 8% menor do que os R$ 5,393 bilhões registrados no trimestre anterior. De janeiro a junho de 2014, o lucro líquido ficou em R$ 10,352 bilhões – queda de 25% em relação ao primeiro semestre de 2013.

Carvalho rebateu críticas a esse resultado. "A Petrobras continua tendo muito lucro. Os jornais estão dizendo que reduziu o lucro, mas é lucro, não prejuízo. Mas aí não se fala isso. E como agora, a inflação caiu, e não se fala isso, fala que a inflação caiu por causa da recessão. É um foco todo tangenciado pela questão eleitoral, nós temos que ter sangue frio, nervos de aço”, disse. “Problemas, toda grande empresa tem", ponderou.

Tags: #eleições2014, brasil, eleição, Eleitor, Petrobras, urna

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.