Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

País - Eleições 2014

Lindberg reforça compromisso de criar passe livre intermunicipal para estudantes

Candidato esteve neste sábado em Duque de Caxias

Jornal do Brasil

O candidato da Frente Popular (PT, PV, PSB e PCdoB) ao governo do Rio de Janeiro, Lindberg Farias (PT), fez campanha, neste sábado (9), em Duque de Caxias. Acompanhado pelos deputados federais Benedita da Silva e Jorge Bittar, caminhou por mais de duas horas pelo calçadão da Cidade e, ao conversar com a população local, reforçou o seu compromisso de criar o passe livre intermunicipal para os estudantes da rede pública do ensino do Rio de Janeiro.

“Esse benefício vai valer para todo o estado e atender, principalmente, aqueles que moram em uma cidade e estudam em outra, a exemplo de alunos que moram em Caxias e precisam ir até ao Rio”, destacou Lindberg.

Ainda na área da educação, o candidato falou de seu importante projeto que tem como objetivo trazer de volta os Centros Integrados de Educação Pública, criados durante o governo de Brizola. “Os últimos governos abandonaram esse projeto. Se eleito, vou criar os Cieps do Século 21, com educação integral, reforço técnico e profissionalizante, atividades culturais e práticas esportivas. Tudo isso dentro de um ambiente com tecnologia e internet para facilitar a aprendizagem. Dessa forma, vamos trazer mais oportunidades para a juventude.”

Lindberg faz campanha em Dique de Caxias
Lindberg faz campanha em Dique de Caxias

O novo modelo de Ciep inclui, ainda, a valorização dos professores e um plano de carreira. Ao ouvir a proposta, Paula Fernandes, moradora do Rio de Janeiro, comemorou: “O Rio precisa desse projeto. Se Lindberg voltar com os Cieps terá o meu voto eterno.”  

Segurança, falta de água e transporte

Durante a caminhada, os moradores e os comerciantes locais abordaram Lindberg para falar também sobre segurança, falta de água e transporte. O candidato da Frente Popular foi aplaudido ao apresentar suas propostas e dizer que vai seguir o exemplo de Lula e governar para melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores e daqueles que mais precisam.

“É incompreensível o governo não investir em transporte. Hoje, o que encontramos é uma SuperVia sucateada. Vou transformar os trens em metrô na superfície e levar o metrô até a Baixada. Além disso, as estações serão modernizadas”, explicou Lindberg.

De acordo com o candidato, nos últimos oito anos, a população tem acompanhado os investimentos apenas no Rio do cartão postal. As outras áreas, como destacou, foram largadas. “Trabalharam para implantar as UPPs , por exemplo, e diminuíram os números de policiais que reforçam a Baixada, a Região Metropolitana e o interior. Caxias perdeu 15% de seus policiais. Vou reforçar os batalhões dessas regiões e trazer mais segurança para a população.”    

A falta de água na Baixada é uma grande preocupação. Lindberg  ressaltou que, para resolver o problema, são necessários R$ 500 milhões, menos do que foi gasto na reforma do Estádio Maracanã. “A água chega num dia e falta no outro. Não entendo a falta de água na Baixada se o Rio Guandu está localizado nessa região. Esse problema pode e deve ser solucionado”, completou.

O candidato estava acompanhado também por vereadores e deputados estaduais. Enquanto fazia o corpo a corpo, distribuiu cartões, tirou fotos e abraçou eleitores. 

Tags: #eleições2014, brasil, eleição, Eleitor, urna

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.