Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

País - Eleições 2014

Luciana Genro vai criar Ministério da Ecologia e Justiça Ambiental

Agência Brasil

A candidata à Presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, disse hoje (30) que seu governo irá criar o Ministério da Ecologia e Justiça Ambiental. A candidata fez o anúncio na sede do partido em  Fortaleza, durante evento para lançamento de seu programa ambiental. De acordo com ela, a nova pasta incorporará os ministérios da Pesca; Meio Ambiente; Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Transporte; e Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Segundo a assessoria de comunicação da candidata, ela avalia que a medida reduzirá os gastos públicos e será estratégica. “Vamos apresentar um novo modelo de desenvolvimento, que integre respeito aos direitos humanos e à natureza”, disse Luciana Genro. Também nesta quarta-feira, a candidata do PSOL visitou o Centro de Reabilitação de Mamíferos da Aquasis Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos e ouviu técnicos sobre os impactos do atual modelo de desenvolvimento na fauna marinha.

Pela manhã, ela visitou a aldeia indígena Anacé, em Pecém, cerca de 60 quilômetros de Fortaleza. O local tem recebido projetos do Complexo Industrial e Portuário de Pecém. Luciana Genro disse que seu partido apoia a luta indígena e criticou a paralisação das demarcações de terra no governo atual.

O candidato Eduardo Jorge, do PV, visitou a Igreja Nossa Senhora da Paz e o Centro de Estudos Migratórios (CEM), em São Paulo. A paróquia tem acolhido imigrantes haitianos vindos do Acre. “Esta [a imigração] é uma pauta social que exige uma política muito forte para não cairmos em xenofobia. Cabe à ONU [Organização das Nações Unidas] e às nações buscarem um melhor equilíbrio e qualidade de vida em todos os países para evitar migrações dramáticas e forçadas", disse, segundo declarações divulgadas pela assessoria do candidato.

Tags: 2014, candidatos, Eleições, presidência, psol

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.