Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País - Eleições 2014

Dilma diz que desafio é acabar com a burocracia

Em sabatina na CNI, presidente prometeu tornar o país muito mais empreendedor

Jornal do Brasil

Em sabatina na Confederação Nacional da Indústria (CNI), nesta quarta-feira, a candidata à reeleição, Dilma Rousseff disse que o maior desafio é acabar com a burocracia. "Daremos absoluta prioridade à reforma do Estado, pois é necessário simplificar processos, definir novos padrões e assim desburocratizar os processos para os cidadãos e as empresas", disse Dilma, para quem, caso seja reeleita, deixará o país nos próximos anos "muito mais empreendedor".

Dilma também abordou a infraestrutura no país e disse que não está feliz com a situação, atribuindo esses problema a uma "herança ruim" dos governos anteriores nos órgãos públicos e privados.

A presidente comentou também sobre a reforma tributária: "Daremos prioridade, como sempre demos, à agenda da reforma tributária. Tentaremos sempre uma reforma abrangente, mas vamos persegui-la mesmo quando a conjuntura não for favorável".

Dilma Rousseff também defendeu a simplificação de relações trabalhistas e terceirização, mas ressaltou que essas medidas devem ser feitas sem levar à "precariedade do trabalho".

Por fim, ela defendeu os royalties do petróleo e a destinação de recursos do pré-sal para a educação. "A educação é um dos caminhos fundamentais de aumento da produtividade do Brasil, de inclusão social e de cidadania", destacou.

Tags: CNI, educação, eleições2014, presidente, sabatina

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.