Jornal do Brasil

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Economia

Mercado aposta em nova proposta por Eletropaulo

Jornal do Brasil

A Neoenergia, controlada pela espanhola Iberdrola, poderá decidir nesta sexta-feira, 20, se continua ou não na briga pela Eletropaulo. Já estava marcada uma reunião do conselho de administração da empresa para validar a última proposta feita pela distribuidora na terça-feira. Como a oferta foi superada pela da italiana Enel, o mercado aposta que a espanhola pode fazer uma nova investida.

Na terça-feira, 17, a Neoenergia havia feito uma proposta de R$ 25,51 por ação da Eletropaulo, mas poucas horas depois foi surpreendida pela oferta da Enel, de R$ 28. Agora, se quiser fazer uma contraproposta, ela terá de elevar o valor para, no mínimo, R$ 29,4 - que representa um acréscimo de 5% sobre a maior oferta, de acordo com as regras da operação.

Analistas de mercado acreditam ainda que possa surgir um novo grupo na disputa, que também contava com a Energisa. Foi a empresa que fez uma oferta pública de ações voluntária (OPA) e mudou os rumos das negociações. Mas, conforme nota na terça-feira, por ora, a empresa está fora da disputa. Nessa quarta-feira, 19, as ações da Eletropaulo continuaram em alta e que fecharam cotadas em R$ 27,89 - bem próxima da oferta da Enel.

Carona

A forte competição pela Eletropaulo e a perspectiva de um rápido desfecho para a venda da empresa também animaram outras elétricas com ativos à venda, como Light, Cemig e distribuidoras da Eletrobrás. O otimismo vem da percepção de que os potenciais compradores estão com apetite por ativos no País, o que favoreceria não só a distribuidora paulista como também outras negociações em andamento no segmento de distribuição. Além disso, o "leilão" pelo controle da Eletropaulo poderia se refletir em uma melhor perspectiva de preço para os outros ativos do setor.

Os perdedores da disputa pela distribuidora paulista poderiam mostrar maior ímpeto comprador em outras oportunidades, visando garantir um papel relevante na consolidação pela qual o segmento passa neste momento.

Essa visão estaria beneficiando, por exemplo, a percepção de maior competição pelas distribuidoras da Eletrobrás localizadas no Norte e Nordeste, cujo leilão atualmente está previsto para junho. Entre os principais candidatos a participar do leilão dessas empresas estão Equatorial e Energisa, que já declarou interesse nas empresas com atuação no Acre, Alagoas, Piauí e Rondônia. A Equatorial Energia também já se pronunciou publicamente como interessada nas distribuidoras da Eletrobrás. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Compartilhe: