Jornal do Brasil

Sábado, 21 de Abril de 2018 Fundado em 1891

Economia

Dólar fecha no menor valor desde outubro um dia após rebaixamento

Jornal do Brasil

Um dia depois de a agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) reduzir a nota soberana do Brasil, a moeda norte-americana fechou no menor valor em quase três meses. O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (12) vendido a R$ 3,206, com queda de R$ 0,012 (-0,38%). A cotação está no menor valor desde 20 de outubro (R$ 3,19).

A divisa fechou a terceira semana seguida em baixa e acumula queda de 3,26% em 2018. No mercado de ações, a bolsa de valores de São Paulo encerrou a sessão próxima da estabilidade. O índice Ibovespa teve queda de 0,02%, aos 79.349 pontos. Apesar do recuo nesta sexta-feira, o indicador acumula a quarta semana consecutiva de alta.

"O dólar caiu um pouquinho, os juros de longo prazo caíram um pouquinho, e a bolsa continua estável", disse Meirelles

Ontem (11), a S&P rebaixou a nota do Brasil para três níveis abaixo do grau de investimento, garantia de que o país não corre risco de dar calote na dívida pública. Sexta-feira (12) mais cedo, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o comportamento dos indicadores financeiros mostra que o rebaixamento já estava precificado (incorporado às previsões) e que o país continua crescendo com baixa inflação .

“Um ponto importante, que parece ser digno de ênfase neste momento, é a reação da economia no curto prazo, dos indicadores de mercado que reagem na mudança do rating no Brasil. Sexta-feira, o dólar caiu um pouquinho, os juros de longo prazo caíram um pouquinho, e a bolsa continua estável”, declarou o ministro em entrevista coletiva.

Agência Brasil


Tags: bolsa, brasil, mercado, moeda, rebaixamento, s&p

Compartilhe: