Jornal do Brasil

Domingo, 19 de Novembro de 2017

Economia

'Financial Times': Vulnerabilidade do Brasil é grande oportunidade para China

"A China é a salvadora ou a captora dos ativos do país latino-americano?"

Jornal do Brasil

"O Porto do Açu foi apelidado de 'estrada para a China' por Eike Batista, o agora desacreditado ex-bilionário, quando ele o fundou mais de 10 anos atrás", destaca matéria do Financial Times assinada por Joe Leahy, Andres Schipani e Lucy Hornby, publicada nesta segunda-feira (13). A publicação diz que apenas um pouco do império Batista sobreviveu ao fim do boom das commodities, e que o empresário foi derrubado em 2014 em meio a exageradas promessas e gastos extravagantes, mas que um projeto floresceu, o Porto do Açu.

"Revitalizado pelo novo dono, a companhia de private equity baseada nos Estados Unidos EIG Global Energy Partners, ele [o porto do Açu] se tornou não apenas uma estrada para a China mas poderia mas poderia se tornar em breve parcialmente de propriedade de empresas chinesas", completa o texto do jornal. 

Citando o interesse de grandes empresas chineses no pré-sal brasileiro, o Fiancial Times reforça que a EIG tem buscado expandir o porto e desenvolver novos negócios, de terminais de contêineres para usinas de energia e uma conexão ferroviária, muitos dos quais têm atraído o interesse da China. 

.
.

Brazil’s vulnerability is a big opportunity for Chinese investors

Tags: brasil, china, eike batista, investidores, mercado, porto do açu

Compartilhe: