Jornal do Brasil

Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Economia

Petróleo fecha em alta nesta quarta

Jornal do Brasil

Os Futuros do Petróleo fecharam em alta nesta quarta-feira (20), após a divulgação do relatórios sobre as reservas dos Estados Unidos e em meio a especulações sobre o prolongamento do acordo de redução da oferta da Opep.

Na Bolsa Mercantil de Nova York, Os Futuros do Petróleo em Novembro foram negociados na entrega a US$ 50,66 por barril, subindo 1,52%. Em outra parte da ICE, O Petróleo Brent para entrega em Novembro registrou ganhos 1,92% para negociação a US$ 56,20 por barril.

Às 9h26, o barril de Brent para novembro negociado na ICE, em Londres, tinha alta de 1,54%, a US$ 55,99. Já o barril de WTI para entrega em novembro, negociado no Nymex, em Nova York, avançava 1,16%, a US$ 50,48.

As reservas de petróleo nos Estados Unidos aumentaram na semana passada um pouco mais que o previsto, de acordo com os dados divulgados nesta quarta pelo departamento de Energia. Na semana terminada em 15 de setembro, as reservas comerciais de petróleo aumentaram 4,6 milhões de barris e totalizaram 472,8 milhões, enquanto investidores previam em média uma alta de 3,9 milhões de barris.

As reservas de gasolina diminuíram 2,1 milhões de barris, a 216,2 milhões de barris, como previsto.

As reservas dos EUA ainda estão sentindo as consequências da passagem do furacão Harvey, no litoral do Golfo do México.

Países da Opep e de fora do grupo, como a Rússia, firmaram um acordo em novembro, iniciado em janeiro deste ano, para congelar cerca de 1,8 milhão de barris diários até junho. Em maio, o prazo foi ampliado em nove meses, até março de 2018.

Um novo prolongamento do prazo, de pelo menos três meses, está agora no radar, antes da próxima reunião da Opep de novembro.

Tags: alta, brent, economia, mercado, opep, petroleo, queda, wti

Compartilhe: