Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Economia

Petróleo opera em leve baixa, com foco na produção de xisto nos EUA

Jornal do Brasil

Os contratos futuros de petróleo operam em queda nesta quinta-feira (17), após dados de ontem dos EUA mostrarem mais um aumento na produção de xisto. Além disso, o dólar mais forte contribui para pressionar a commodity. A produção de petróleo dos EUA aumentaram 79 mil barris por dia, para 9,502 milhões de barris por dia na semana encerrada no dia 11, segundo o relatório do Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês).

Ao mesmo tempo, os estoques de petróleo recuaram mais no país, uma queda de quase 9 milhões de barris na semana passada, a nona redução em dez semanas.

Além disso, o DoE informou nesta quarta-feira que houve aumento nos estoques de gasolina e destilados, que segundo analistas da corretora PVM Associates foi uma surpresa.

Outro fator, segundo a PVM, foi o aumento recente na produção da Líbia, com a notícia da volta à operação do campo Sharara. A Líbia e a Nigéria foram isentas do acordo liderado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para reduzir a oferta e apoiar os preços. 

Às 9h45 (de Brasília), o petróleo WTI para setembro recuava 0,34%, a US$ 46,62 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex), e o Brent para outubro recuava 0,20%, a US$ 50,17 o barril, na ICE.

Às 12h43, o barril de WTI tinha alta de 0,36%, a US$ 46,95. No mesmo horário, o barril de Brent tinha alta de 0,99%, a US$ 50,77. 

Tags: barril, brent, commodities, crude, dólar, estados unidos, estoques, opep, petróleo, produção, texas, wti

Compartilhe: