Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Economia

Preços do petróleo operam perto da estabilidade, com dados da China

Jornal do Brasil

Os contratos futuros dos barris de petróleo negociados em Londres e Nova York operam em leve baixa, perto da estabilidade nesta segunda-feira (17), com as preocupações do mercado de que os estoques resistam aos cortes liderados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep). Os números da China no setor também geraram reações entre os investidores.

A China informou nesta segunda que a produção doméstica da commodity ficou em média em cerca de 4 milhões de barris por dia no primeiro semestre, em queda de 5,1% na comparação com igual período do ano anterior. As importações de petróleo pelo país subiram 14% no mesmo período, para 8,5 milhões de barris por dia, o que consolida o país como maior importador de energia do mundo.

Às 9h39 (de Brasília), o petróleo WTI para agosto, contrato mais líquido, recuava 0,15%, a US$ 46,47 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). No mesmo horário, o Brent para setembro operava estável, a US$ 48,91 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).

Às 15h30, o barril de Brent tinha queda de 1,02%, a US$ 48,41. No mesmo horário, o barril de WTI tinha queda de 1,12%, a US$ 46,02. 

Tags: barril, brent, commodities, crude, estados unidos, opep, petróleo, wti

Compartilhe: