Jornal do Brasil

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

Economia

Bovespa opera estável, mas pressionada por empresas do setor de carnes

Jornal do Brasil

A bolsa de valores de São Paulo opera estável nesta segunda-feira (20), com o mercado repercutindo o anúncio da suspensão das importações de carne do Brasil das empresas envolvidas na Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, pela União Europeia. O índice está sendo fortemente pressionado pela queda das ações da BRF, dona das marcas Perdigão e Sadia e JBS, da Friboi.

Às 10h56, o Ibovespa, principal indicador da Bovespa, operava estável, a 64.209 pontos. Por volta do mesmo horário, as ações da JBS caíam 6,44%, e da BRF, 7,92%.

Às 14h44, o índice tinha alta de 0,55%, aos 64.560 pontos.

As duas empresas lideraram as quedas do Ibovespa no último pregão, com volumes acima da média recente para os papéis, após a operação da Polícia Federal. Na sexta-feira, o Ibovespa fechou em queda de 2,39%, a 64.209 pontos, contabilizando na semana baixa de 0,72%.

Já o dólar opera em alta, com o mercado nacional temeroso sobre como a exportação de carne será afetada pela Operação Carne Fraca. Os investidores estão cautelosos com a possibilidade de entrada de menos recursos no país por conta de exportações menores em decorrência da operação.

Às 10h56, a moeda norte-americana subia 0,34%, a R$ 3,1016, depois de ter fechado a sexta-feira em queda, a R$ 3,1008.

Às 14h45, a moeda tinha queda de 0,51%, a R$ 3,0754.

Tags: Dólar, banco, bce, bovespa, economia, pregão

Compartilhe: