Jornal do Brasil

Sábado, 21 de Outubro de 2017

Economia

Petrobras bate recordes históricos de produção em 2016

Total chegou à marca de 2.144.256 barris por dia, 0,75% acima do resultado do ano anterior 

Jornal do Brasil

A produção média de petróleo da Petrobras no Brasil atingiu, em 2016, recorde histórico anual, alcançando a marca de 2.144.256 barris por dia (bpd), 0,75% acima do resultado do ano anterior e em linha com a meta de 2,145 milhões bpd prevista para o período, informou a estatal. Pelo segundo ano consecutivo, a petroleira cumpriu o planejamento previsto.

Segundo a estatal, a média anual da produção operada na camada pré-sal, em 2016, também foi a maior da história, atingindo a marca de 1,02 milhão barris de óleo por dia e superando a produção de 2015 em 33%.

Se considerada a produção própria de gás natural, que atingiu, em 2016, inéditos 77 milhões m³ diários, a produção total no país chega a 2,63 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed) – 1% a mais que o alcançado em 2015, e também um novo recorde para a Petrobras.

De acordo com a Petrobras, os principais destaques para a expansão da produção, em 2016, foram o expressivo crescimento da produção no campo de Lula (áreas de Iracema Norte e Iracema Sul, com os FPSOs Cidade de Itaguaí e Cidade de Mangaratiba) e no campo de Sapinhoá (FPSO Cidade de Ilhabela), localizados no pré-sal da Bacia de Santos, além da área do Parque das Baleias (P-58), na porção capixaba da Bacia de Campos. Adicionalmente, houve o início da operação de três sistemas de produção, sendo dois no campo de Lula (FPSO Cidade de Maricá e FPSO Cidade de Saquarema) e um em Lapa (FPSO Cidade de Caraguatatuba), localizados no pré-sal na Bacia de Santos.

Petrobras bate recordes históricos de produção em 2016
Petrobras bate recordes históricos de produção em 2016

O índice de aproveitamento de gás do Brasil também alcançou seu recorde anual em 2016, chegando ao patamar de 96%, "resultado dos esforços empreendidos através de programas de melhoria da eficiência operacional e otimização do aproveitamento de gás", disse a estatal.

Produções recordes em dezembro

No mês de dezembro de 2016, a Petrobras também ultrapassou os recordes históricos de produção mensal e diária: a produção média de petróleo no Brasil superou pela primeira vez 2,3 milhões bpd, 3% acima do recorde registrado em setembro de 2016, e a produção no dia 28 de dezembro atingiu 2,4 milhões de barris de óleo.

Para a produção de gás, a alta foi de 2% em relação ao mês anterior, chegando a 81,8 milhões m³/dia. Com isso, a produção de petróleo e gás natural no Brasil, em dezembro, foi de 2,82 milhões boed, 3% maior do que a registrada em novembro de 2016 e 6% maior do que a de dezembro do ano anterior, o que se configura também como um novo recorde mensal de produção da companhia.

A produção de petróleo operada na camada pré-sal, em dezembro, alcançou o novo recorde mensal de 1,27 milhão bpd, com crescimento de 9% em relação à produção de novembro, que foi de 1,16 milhão bpd. Além disso, a estatal atingiu o recorde diário de 1,34 milhão de barris, no dia 29 de dezembro.

Já a produção de petróleo e gás natural operada na camada pré-sal foi de 1,58 milhão de boed, apresentando o expressivo crescimento de 45%, entre dezembro de 2015 e dezembro de 2016, e representando também um novo recorde mensal.

No exterior, a produção média de petróleo, em dezembro, foi de 61 mil bpd e a produção média de gás natural foi de 10,3 milhões m³/dia. Com isso, no mês de dezembro, foram produzidos no exterior 122 mil boed.

Consolidando as produções de petróleo e gás no Brasil e no exterior, a produção, em dezembro de 2016, foi de 2,94 milhões boed e também se constituiu como novo recorde mensal.

Produção de óleo e gás no exterior em 2016

No exterior, a produção média de petróleo, em 2016, foi de 80 mil bpd, 19% abaixo dos volumes produzidos no ano anterior. A produção média de gás natural ficou em 13,7 milhões m³/dia, 11% abaixo da produção de 2015. A redução ocorreu, principalmente, em função de desinvestimentos realizados, como a venda da Petrobras Argentina.

Consolidando as produções no Brasil e no exterior, a produção média de óleo, em 2016, foi de 2,22 milhões bpd e a produção média anual de óleo e gás foi de 2,79 milhões boed, mesmo patamar da produção de 2015.

> > 'El País': O impacto do petróleo

Tags: Petrobras, Petróleo, Produção, brasil, estatal, mercado

Compartilhe: