Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Informe CNC

Pesquisas, estudos, análises e informações sobre
o comércio de bens, serviços e turismo.

CNC promove seminário sobre a terceirização

Jornal do Brasil

No dia 1º de setembro, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) promove, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), com a Confederação Nacional do Sistema Financeiro (Consif) e com apoio da Fecomércio-SP, o seminário Terceirização e o STF: O que esperar?. O objetivo do encontro é debater as implicações econômicas e jurídicas da terceirização.

Regida pela Súmula 331 do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a terceirização ainda provoca muitas questões e disputas judiciais, que prejudicam tanto trabalhadores quanto empresários. O ponto é que a Súmula reconheceu a legalidade da terceirização na atividade-meio das empresas, para que estas pudessem concentrar seus recursos e energias no exercício de sua atividade-fim. No entanto, as expressões "atividade-meio" e "atividade-fim" geram conflitos que acabam no Judiciário. 

Atualmente, tramitam na Justiça diversas ações sobre o tema, e o assunto chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF). Em recente decisão, a corte reconheceu a repercussão geral do tema, no que diz respeito à fixação de parâmetros para a identificação do que representa a atividade-fim, e entendeu que, desse caso, passará a referendar os demais julgamentos no País sobre essa questão.   

Os empresários defendem a criação de uma lei que regulamente a atividade. "As partes que contratam a terceirização precisam de segurança jurídica. São quase 15 milhões de trabalhadores sem nenhum amparo legal, e precisamos resolver essa questão. Buscamos o apoio de todos, inclusive das centrais sindicais", afirma Laércio Oliveira, vice-presidente da CNC.

O seminário contará com quatro painéis e rodadas de perguntas dos participantes. Os temas serão: O Panorama da terceirização - movimento e perspectivaOs desafios para a regulamentação adequadaA terceirização em alguns setoresA terceirização e o Supremo Tribunal Federal. Alguns dos participantes confirmados são o ex-ministro do STF Carlos Velloso, o deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) e o professor titular da USP José Pastore. "Nosso objetivo é promover a discussão do tema alinhando as informações e desfazendo mitos, para promover uma agenda que reúna objetivos comuns aos trabalhadores e empresários", afirma Patricia Duque, chefe da Divisão Sindical da CNC.

O encontro será realizado na segunda-feira, 1° de setembro, das 9 às 17 horas, no auditório da Fecomércio-SP.

 

Tags: comércio, confederação, nacional, seminário, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.