Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Economia

MMX, de Eike Batista, vai "priorizar iniciativas que gerem caixa"

Jornal do Brasil

Em comunicado ao mercado, nesta quarta-feira, a mineradora MMX, do empresário Eike Batista, anunciou a revisão do atual plano de negócios para "priorizar as iniciativas geradoras de caixa, no melhor interesse da companhia e de seus acionistas".

A MMX disse que irá paralisar temporariamente a produção da unidade de Serra Azul, com férias coletivas de 30 dias para os funcionários envolvidos diretamente na operação, em decorrência dos baixos preços do minério de ferro no mercado internacional. 

Segundo o comunicado, vão permanecer em atividade regular os setores responsáveis pela manutenção e conservação da Unidade Serra Azul, além do quadro administrativo. Ainda de acordo com a mineradora, a empresa está negociando com as autoridades para encontrar uma solução para as restrições operacionais, que permita o retorno de suas atividades operacionais no curto prazo.

>> Eike Batista: o império em decadência

>> Eike Batista perde R$ 77 bi em 15 meses e fica com R$ 450 mi

>> Eike Batista proporá duas décadas para pagar credores da OSX

Nesta quarta-feira, a MMX voltou a ficar entre as maiores quedas da Bovespa, após ter despencado 10% na terça. A ação da mineradora caiu quase 3%. O papel chegou a cair à mínima de R$ 1,01 mais, menor patamar de sua história, com uma desvalorização de 99% ante o preço mais alto, registrado em 2008.

Tags: ações, bovespa, economia, mercado, mineradora

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.