Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Economia

Impasse com fundos abutres não impactará ações do BNDES na Argentina

Agência Brasil

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, afirmou hoje (1º) que a crise na Argentina “não vai impactar” as operações do banco estatal brasileiro no país vizinho.“Não haverá impacto sobre nós [BNDES]”, disse Coutinho, ao deixar o Palácio do Itamaraty, onde participou de almoço em homenagem ao primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe.

De acordo com Coutinho, o impasse na negociação argentina com os chamados fundos abutres não deve ter reflexos no Brasil. “Não haverá impacto importante sobre as relações financeiras [da Argentina] com o Brasil”, reforçou o presidente do BNDES.Ontem (31), o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que, neste primeiro momento, a crise argentina terá “impacto nulo e sem consequências direta [no Brasil] e que também não afetará o mercado internacional”.

Na avaliação do ministro, existe um problema maior, que poderá impactar em novas renegociações da dívida externa de vários países no futuro. “Vou dar um exemplo: 'recentemente foi feita uma reestruturação da Grécia e, lá, chegou-se a um acordo parecido com o da reestruturação da dívida argentina'. Agora, com a decisão da Corte americana, pode haver comprometimento em futuras reestruturações de dívida”.

Tags: Argentina, calote, crise, dívida, negociação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.