Jornal do Brasil

Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

Economia

Venda de imóveis novos em SP cai 36,5% em maio, aponta Secovi

Agência Brasil

A venda de imóveis residenciais novos na capital paulista apresentou queda de 36,5% em maio, na comparação com o mesmo mês em 2013, segundo levantamento do Sindicato da Habitação (Secovi-SP). Foram comercializadas 2.080 unidades, resultado 3,1% menor que o de abril, quando 2.147 imóveis foram vendidos.

Nos primeiros cinco meses do ano, houve venda acumulada de 7.982 unidades, queda de 41,4% sobre o mesmo período de 2013. Os lançamentos também tiveram queda de janeiro a maio deste ano. Houve redução de 14% no número de unidades comercializadas, passando de 10.409 unidades no período em 2013 para 8.947 unidades este ano.

Segundo o Secovi, os resultados do acumulado de janeiro a maio deste ano foram influenciados, provavelmente, por grandes eventos como carnaval em março, mudança no calendário das férias escolares e Copa do Mundo, que concentraram a atenção da população e da mídia por um longo período do ano, aliados ao desempenho abaixo do esperado da economia e a pressão inflacionária.

Em maio último, foram lançadas 2.681 unidades, contra as 2.358 em abril - variação de 13,7%. Em relação ao mesmo mês de 2013, quando foram 2.372 unidades, alta de 13%. O segmento de dois dormitórios foi maioria entre os lançamentos, com 54,6%.

As unidades de dois e três dormitórios representaram 94,3% das vendas em maio. Apenas o segmento de dois dormitórios respondeu por 71,9% das vendas do mês, com 1.496 unidades, e residências de três dormitórios tiveram 465 imóveis vendidos, equivalente a 22,4% do total.

O Valor Geral de Vendas (VGV) em maio foi R$ 1,35 bilhão, montante 0,6% superior ao registrado em abril.

Tags: dados, economia, imóveis, mercado imobiliário, resultados, sindicato da habitação, valor geral de vendas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.