Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Economia

Queda do IPCA reflete preços menores em sete de 13 áreas pesquisadas

Agência Brasil

A queda de 0,6 ponto percentual na inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), em junho (0,40% contra 0,46% de maio), reflete a retração nos preços em sete das 13 capitais e regiões metropolitanas pesquisadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A desaceleração, que deixou a inflação acumulada no primeiro semestre em 3,75% - abaixo, portanto, da meta de 4,5% fixada pelo Banco Central para este ano – foi maior em Fortaleza, onde a taxa caiu de 0,95% para 0,35%, uma redução de 0,60 ponto percentual entre um mês e outro, seguido de Belém (de 0,79% para 0,21%, a menor inflação do país), e do Recife (de 0,75% para 0,29%).

Entre os índices regionais, a capital pernambucana foi a que registrou a maior inflação em junho: 0,71%. A alta decorre da elevação nos preços das diárias dos hotéis, de 32,69% e peso de 0,94%, que exerceram impacto de 0,31 ponto percentual no resultado nacional, de 0,40%. O menor índice, registrado em Belém (0,21%), se deu em virtude da queda de 0,56% nos alimentos consumidos em casa.

As cinco capitais e regiões metropolitanas com taxas acima da média nacional foram Salvador (de de 0,38% para 0,66%, entre maio e junho), Brasília (de -0,08 para 55%, a maior alta, 0,63 ponto percentual), Campo Grande (de 0,32% para 0,45%), Vitória (de 0,31% para 0,42%) e São Paulo (de 0,12% para 0,37%).

Tags: brasil, economia, índice, inflação, taxa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.