Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

Economia

Acervo do ex-ministro Delfim Netto enriquece biblioteca da USP

Jornal do Brasil

Foi inaugurada nesta quarta-feira (2) a nova Biblioteca da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP (FEAUSP), em São Paulo. A biblioteca foi enriquecida com o acervo pessoal do ex-ministro da Fazenda, do Planejamento e da Agricultura Delfim Netto, que possui obras de raro valor. 

A biblioteca da FEAUSP é a mais consultada da Universidade de São São Paulo, principalmente pelos estudantes e professores das diversas Ciências Sociais. Com a doação da biblioteca do ex-ministro Delfim Netto, ela passará a ter um acervo de trabalho sem igual no Brasil, além de contar com dependências para defesa de teses e transmissões para outros centros de estudo no Brasil, pela teleconferência, bem como verificação do acervo pela internet.

No acervo de Delfim Netto (250 mil itens), o maior do Brasil, existe uma reprodução alemã de todos os originais dos clássicos em Economia, como Adam Smith, Karl Marx, David Ricardo, e muitas dezenas de outros. Ele contém também enciclopédias raras como os que informam sobre os trabalhos dos economistas italianos do século XV, bem antes de Adam Smith que é considerado o pai da Economia Política, que possivelmente não conta com outro no Brasil. Como era uma biblioteca de uso pessoal, conta com os principais artigos da biblioteca do Ministério da Fazenda, da Câmara dos Deputados, bem como do FMI e Banco Mundial, além das teses apresentadas nas principais universidades norte-americanas, do NBER – National Bureau of Economic Research, devidamente encadernados por assuntos correlatos.

Também há diversos trabalhos sobre Ciência Política, Sociologia, Antropologia e História, além de Estatística, Econometria, Matemática, mostrando seu amplo interesse Humanístico. Só sobre o Socialismo existem mais de 12 mil volumes.  Há coleções de revistas científicas como Nature Science que apresentam a vanguarda das pesquisas, e que não são comuns nas áreas das ciências sociais. Muitas edições da Enciclopédia Britânica, com verbetes escritos por autores famosos também estão presentes. Além disso, Delfim Netto também possui cartas de Dom Pedro II para a Marquesa de Santos.

Esse acervo foi acumulado desde os 14 anos por Delfim Netto, muitos adquiridos nos sebos de todo o mundo, com destaque para Londres, Paris, Tóquio, Nova York.

A biblioteca de Delfim Netto é de trabalho, não de obras raras como primeiras edições, ainda que algumas também constem deste acervo. Para o arquivo deste acervo foram providenciadas estantes deslizantes eletronicamente. As consultas serão controlada para pesquisadores com propósitos especiais, como elaboração de teses de doutoramento, livre docência ou de professores titulares, pois o acervo normal da FEAUSP continuará sendo destinado para os alunos.

Tags: doação, inauguração, livros, Ministro, raros

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.