Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Economia

Confiança do consumidor é a mais baixa dos últimos nove anos, indica CNI

Agência Brasil

A confiança do consumidor é a mais baixa dos últimos nove anos, em relação à inflação, ao desemprego, à renda pessoal e à intenção de realizar compras de maior valor, informou o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (Inec) divulgado hoje (27) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O Inec registrou 106,3 pontos em junho de 2014, 1,2% inferior ao de maio em 3,5% a menos do que em  junho de 2013.

De acordo com a CNI, índice nesse valor não é verificado desde setembro de 2005 e a perda de confiança se deve às perspectivas para os próximos seis meses em relação a perda de emprego e redução da renda pessoal.

"Esses resultados indicam que a baixa confiança do consumidor,  já observada nos quatro meses anteriores, se tornou ainda mais aguda em junho", informa a pesquisa.

Em maio, o Inec já havia indicado queda de 1% em relação a abril, chegando ao mais baixo desde março de 2009 – ano da crise financeira mundial.

Em relação à expectativa de desemprego, o indicador da confederação caiu 5% em relação a maio e chegou a 108,9 pontos. Em relação à redução da renda pessoal, houve recuo em 4,8%. A perspectiva para a inflação também diminuiu e chegou a 2,8% em junho. Quanto maior a queda desses indicadores, maior o pessimismo do consumidor.

Tags: brasil, consumo, economia, percentual, taxa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.