Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Economia

Analistas de mercado reduzem para 1,16% previsão de crescimento da economia

Agência Brasil

Pela quarta semana seguida, as instituições financeiras reduziram as estimativas de crescimento da economia brasileira neste ano. Segundo o boletim Focus, pesquisa semanal com analistas de mercado divulgada pelo Banco Central, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país) caiu para 1,16% em 2014, contra 1,24% registrado na semana passada.

As projeções para o próximo ano também pioraram. A previsão de crescimento do PIB para 2015 passou de 1,73% para 1,5%. A indústria deve ser um dos principais fatores que puxarão a desaceleração da economia. De acordo com a pesquisa, a estimativa de variação da produção industrial ficou em -0,14% para 2014. No boletim anterior, as instituições financeiras projetavam alta de 0,51%.

Para a inflação, a estimativa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi mantida em 6,46%. Em relação à Selic (juros básicos da economia), as instituições apostam que a taxa continuará em 11% ao ano até o fim de 2014. Fixada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central, a taxa Selic está nesse nível desde abril.

Tags: financeiras, inflação, instituições, pesquisa, PIB, semanal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.