Jornal do Brasil

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Economia

Prévia da inflação oficial mostra tendência de queda e fica em 0,47% em junho

Agência Brasil

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial, ficou em 0,47% em junho deste ano. A taxa é inferior à observada na prévia de maio (0,58%), mas superior à de junho do ano passado (0,38%). O dado foi divulgado hoje (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O IPCA-15 acumula taxas de 1,84% no trimestre, 3,99% no ano e 6,41% no período de 12 meses. O IPCA-15 de junho foi calculado com base em preços coletados entre 15 de maio e 11 de junho.

A queda do IPCA-15 entre maio e junho foi provocada principalmente por taxas de inflação menores nos grupos de despesas alimentação e bebidas (cuja taxa caiu de 0,88% na prévia de maio para 0,21% em junho) e habitação (que passou de 1,19% para 0,29% no período).

Segundo a prévia de junho, ficou 0,23% mais barato comer em casa, graças às quedas de preços (deflações) observadas em produtos como batata-inglesa (-16,35%), farinha de mandioca (-11,67%), cenoura (-5,05%), hortaliças (-4,69%), frutas (-3,44%) e feijão-carioca (-3,37%). Apesar disso, comer fora de casa ficou 1,06% mais caro.

A redução da inflação do grupo habitação foi influenciada principalmente pela queda de 18,36% do custo da água e esgoto em São Paulo. A média das tarifas de serviço caiu devido ao Programa de Incentivo à Redução de Consumo de Água, que deu descontos nas contas de água a usuários que reduziram o consumo.

Outros grupos de despesa que tiveram queda na taxa de inflação foram educação (de 0,14% para 0,08%) e transportes (de 0,54% para - 0,33%).

Tags: despesas, educação, IBGE, preços, Transportes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.