Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Economia

Bovespa fecha em alta de 3,04%, a maior em dez semanas

Jornal do Brasil

O principal índice da Bovespa encerrou esta sexta-feira (6) em alta de 3,04%, a 53.128 pontos, a maior valorização em um único pregão em dez semanas. O desempenho foi impulsionado por dados positivos do mercado de trabalho americano e com investidores voltando ao mercado, após nova pesquisa eleitoral do Datafolha. Na semana e no mês, a alta acumulada é de 3,69%.

As ações de companhias estatais lideraram as altas do índice: os papéis da Petrobras e da Eletrobras subiram mais de 8%, enquanto Banco do Brasil ganhou mais de 5%.

No exterior, o relatório de emprego de maio dos Estados Unidos contribuiu para o bom humor nesta sexta.  A taxa de desemprego ficou estável em 6,3% em maio, com a criação de 217 mil vagas fora do setor agrícola.

E o índice europeu de ações FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações do continente, fechou em alta de 0,6%, a 1.388 pontos, enquanto o índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 subiu 0,8%, para 3.294 pontos.

Em Londres, o índice Financial Times subiu 0,66%, a 6.858 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX avançou 0,4%, a 9.987 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 ganhou 0,71%, a 4.581 pontos. Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,54%, a 22.290 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,73%, a 11.064 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 1,51%, a 7.347 pontos.

Índices S&P 500 e Dow têm novo recorde de fechamento nos EUA

As bolsas norte-americanas fecharam em alta nesta sexta-feira, com o Dow e o S&P 500 registrando novos recordes de fechamento, depois do relatório de emprego de maio confirmar melhora nas condições da economia dos EUA.

O Dow Jones subiu 0,52%, para 16.924, o S&P 500 ganhou 0,46%, para 1.949 pontos, e o Nasdaq subiu 0,59%, para 4.321 pontos.

Com os ganhos do dia, o S&P 500 marcou seu sexto recorde de fechamento nos sete últimos pregões. Na semana, o Dow subiu 1,2%, o S&P 500 avançou 1,3% e o Nasdaq acumulou valorização de 1,9%.

Bolsas asiáticas fecham sem direcionamentos

As bolsas asiáticas fecharam divididas nesta sexta-feira, indicando reação contida à decisão do Banco Central Europeu (BCE) de diminuir, nesta última quinta-feira, as taxas básica de juros.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng encerrou com queda de 0,2%, a 20.358 pontos. Na China, o Xangai Composto, recuou 0,54%, a 2.029,96 pontos. O índice Taiex, da Bolsa de Taiwan, marcou queda de 0,1%, a 9.134,46 pontos, e o sul-coreano Kospi, de Seul, perdeu 0,65%, a 1.995,48 pontos. 

Tags: alta, Bolsas, economia, mercado, mundiais

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.