Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Dezembro de 2014

Economia

Cade pode obrigar Telefônica a se desfazer da Tim

Agência ANSA

O grupo espanhol Telefônica, que é dono de 50% do controle da Vivo e de 20% da holding Telco, que administra a Tim Brasil, perdeu mais uma batalha no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Isso porque o Cade considera que se ela mantiver a participação nas duas empresas, haverá prejuízo na concorrência no setor de telefonia.    

Com isso, fica mantida a multa de R$ 15 milhões aplicada pelo órgão no ano passado por descumprimento do Termo de Compromisso de Desempenho.O grupo espanhol deve recorrer da decisão, agora na esfera judicial, pois caso a situação fique como está hoje, ela terá que se desfazer de uma das duas companhias.    

A compra Tudo começou em setembro de 2013, quando a Telefônica fechou um acordo para aumentar sua fatia na holding Telco, que controla a Telecom Itália - que é dona da Tim Brasil. O negócio custou R$ 324 milhões e ainda inclui a possibilidade do grupo espanhol ter mais ações na empresa italiana. Atualmente, os 20% não dão direito a voto para a Telefônica.    

Atualmente, a Vivo é a líder do setor no Brasil, com mais de 78,5 milhões de linhas telefônicas. A Tim vem em segundo lugar, com 73,8 milhões. A preocupação do Cade é de que as duas empresas, tendo o mesmo controlador, haja prejuízo para o consumidor - já que ela saberia das decisões estratégicas dos dois grupos.

Tags: concorrência, empresas, setor, telecomunicações, Telefônica, tim

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.