Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Economia

Bovespa opera com leve alta, após abertura dos negócios em queda

Terça-feira inicia em baixa em São Paulo, acompanhando queda das principais bolsas internacionais

Jornal do BrasilRafael Gonzaga

Na manhã desta terça-feira (3) a Bolsa de Valores de São Paulo apresentava queda durante a abertura dos negócios. A queda era impulsionada pelas ações da empresa de alimentos JBS. Após abrir em queda, com variação negativa de 0,17% a 51.520 pontos por volta de 10h20, a Bovespa operava em relativa estabilidade cerca de uma hora após o início dos negócios.

Por volta das 11h15, o Ibovespa avançava 0,14%, marcando 51.677 pontos. Entre os destaques, a Vale PNA recuava 0,88%, ao passo que a Petrobras PN avançava o,54%.

No início dos negócios, as ações da JBS chegaram a cair 4% após a Pilgrim’s Pride, setor de aves da JBS nos EUA, subirem para US$ 55 por ação em sua oferta pela Hillshire Brands.

Dados de inflação puxam bolsas europeias para baixo

As bolsas europeias abriram esta terça-feira com os indicadores negativos, sendo puxadas para baixo pelos dados de inflação na zona do euro, que atingiu 0,5%, apesar de analistas estarem esperando 0,7%.

Esse dado agrava os temores acerca da economia na zona do euro, mas, por outro lado, reforça o nível de exigência de novos estímulos monetários por parte do Banco Central da Europa (BCE).

O FTSE MIB apresentou uma baixa de 0,75%, seguido pelo Ibex 35, que marcava uma queda de 0,61%. O FTSE 100 também estava em queda, com uma baixa de 0,60%. O DAX alemão, que na véspera apresentou máximas históricas, caiu hoje 0,42%, marcando 9.908,35 pontos.

Wall Street abre em queda

Os índices acionários de Wall Street também operavam em queda na abertura desta terça-feira. No início dos negócios, o índice Dow Jones apresentava queda de 0,21%, marcando 16.708 pontos. O S&P 500 recuava 0,23%, ficando em 1.920 pontos. A bolsa eletrônica Nasdaq também tinha queda de 0,29%, atingindo os 4.224 pontos.

Bolsas na Ásia avançam

As ações asiáticas avançaram nesta terça-feira, amparadas pelos  sólidos dados sólidos dos EUA e da China. O índice japonês Nikkei atingiu, inclusive, sua máxima de dois meses.

Os desempenhos da bolsa de Nikkei ficou positivo em 0,66%, a 15.034 pontos. Hong Kong avançou 0,91% a 23.291 pontos. Já Xangai apresentou leve queda de 0,04%, a 2.038. Seul avançou 0,33% a 2.008. Taiwan teve avanços de 0,52%, atingindo 9.123. Cingapura marcou queda de 0,17% a  3.296, e por fim, Sydney também ficou em baixa de 0,70% a 5.479 pontos.

Tags: Bolsa, hillshire brands, inflação, mercado, valores, Wall Street

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.