Jornal do Brasil

Terça-feira, 22 de Julho de 2014

Economia

Bovespa fecha em alta de 0,72%, impulsionada por papéis da Vale

Dólar também fechou na maior alta em quase seis meses

Jornal do Brasil

A Bovespa fechou em alta de 0,72% nesta segunda-feira, a 51.605 pontos, após cair nas duas sessões anteriores. O desempenho foi favorecido pelas ações da Vale, que avançaram mais de 2%, diante de dados positivos da indústria da China.

Os papéis da Fibria lideraram as altas do Ibovespa, com valorização de mais de 5%. Na outra ponta, a Gol recuou mais de 3%.

As ações europeias também fecharam em alta nesta segunda-feira, sustentadas pelos dados da China que ajudaram a tranquilizar preocupações sobre o crescimento econômico do país.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações da região, subiu 0,22%, para 1.380 pontos.

Em Londres, o índice Financial Times avançou 0,29%, a 6.864 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,07%, a 9.950 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,08%, a 4.515 pontos. Em Milão, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,77%, a 21.796 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,27%, a 10.827 pontos. Já em Lisboa, o índice PSI20 valorizou-se 0,67%, a 7.160 pontos.

Dólar fecha a R$ 2,27, maior alta em quase seis meses

O dólar fechou em alta de 1,55% nesta segunda-feira (2), cotado a R$ 2,2755 na venda, diante das dúvidas dos investidores sobre o futuro das intervenções diárias do Banco Central, e também reforçadas pelo anúncio da rolagem novamente parcial de swaps cambiais. 

Foi a maior alta desde o dia 20 de dezembro de 2013, quando a moeda americana teve valorização de 1,58%. O volume financeiro ficou em cerca de US$ 1,3 bilhão.

Nesta segunda, o Banco Central vendeu todos os 4 mil swaps, com volume equivalente a US$ 198,4 milhões.

Tags: altas, Bolsas, economia, mercado, mundiais

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.