Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Economia

Ibovespa fecha pregão com queda 0,76%

Investimentos e Notícias

O principal índice acionário da BM&FBovespa, o Ibovespa, encerra o pregão desta quinta-feira, 29, em queda com bancos e Petrobras. Com isso a bolsa registrou desvalorização de 0,76%, aos 52.239 pontos. O giro financeiro da bolsa marcou R$ 4.533 bilhões.

Entre as oscilações positivas em destaque na sessão estão os papéis da ROSSI RESID (ON), que avançaram 2,47%, e da SOUZA CRUZ (ON), que apresentaram alta de 2,21%. Em contrapartida, entre os destaques negativos, estão os papéis da JBS (ON), que recuaram 4,19%, e da BMFBOVESPA (ON), que apresentaram queda de 2,74%.

Na agenda de indicadores internos, a Fundação Getulio Vargas (FGV) revelou que o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), um dos índices utilizados para reajustar os contratos de aluguel, registrou variação de -0,13%, em maio. Em abril, o índice variou 0,78%.

Por outro lado, o número de famílias endividadas aumentou em maio, atingindo 62,7% dos brasileiros, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) que a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulga hoje. Apesar da alta, este número é inferior aos 64,3% registrados em maio do ano passado.Ontem, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central manteve a taxa Selic em 11,00% a.a., sem viés. Votaram por essa decisão os seguintes membros do Comitê: Alexandre Antonio Tombini (Presidente), Aldo Luiz Mendes, Altamir Lopes, Anthero de Moraes Meirelles, Carlos Hamilton Vasconcelos Araújo, Luiz Awazu Pereira da Silva, Luiz Edson Feltrim e Sidnei Corrêa Marques.

Na Europa, as principais bolsas caíram em função do feriado em diversos países da Europa que acalmou os negócios e da divulgação de dados importantes da economia americana, dizem os negociadores. Em Londres, o índice FTSE 100 teve alta de 0,24%, a 6.867,93 pontos. Em Paris, o CAC 40 caiu 0,11%, a 4.526,78 pontos, e o DAX 30, em Frankfurt recuou 0,05%, a 9.934,60 pontos em comparação com o fechamento de quarta-feira. Em Madri, o IBEX 35 registrou queda de 0,27%, com a divulgação de dados oficiais que confirmaram que a economia espanhola cresceu somente 0,4% no primeiro trimestre.

Nos Estados Unidos, o departamento do Comércio anunciou que a economia americana se contraiu mais que o previsto no primeiro trimestre. O Produto Interno Bruto (PIB) americano retrocedeu 1% em termos anuais no período janeiro-março.

Tags: ações, Bolsa, economia, fechamento, mercado

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.