Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Economia

Expectativa do setor da construção atinge menor nível desde dezembro de 2009

Agência Brasil

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) anunciou hoje (23) que o indicador de expectativa sobre o nível de atividade dos empresários da construção para os próximos seis meses ficou em 52,1 pontos – o menor nível desde o início da série, em dezembro de 2009. O indicador de expectativa varia de 0 a 100. Acima de 50 pontos, indica empresários confiantes.

A CNI informou também que todos os indicadores de expectativa recuaram em maio. O de novos produtos e serviços ficou em 52,1 pontos, o de compras de insumos e matérias-primas, em 52 pontos, e o de número de empregados caiu para 52,1 pontos.

Os dados foram captados na Sondagem Indústria da Construção e mostram ainda que, em abril, o indicador de evolução do nível de atividade ficou em 45,4 pontos. O indicador do nível de atividade efetivo em relação ao usual alcançou 42,6 pontos. Ambos estão abaixo da linha divisória de 50 pontos, o que mostra retração do setor.

O indicador de evolução do número de empregados ficou em 46,3 pontos em abril, abaixo da linha divisória de 50 pontos, o que mostra a queda do emprego no setor. O nível de utilização da capacidade de operação do setor permaneceu estável em 69% pelo terceiro mês consecutivo.

A pesquisa foi feita entre 5 e 14 de maio, com 537 empresas, das quais 169 de pequeno porte, 245 médias e 123 grandes.

Tags: brasil, CNI, CONSTRUÇÃO, economia, taxa

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.