Jornal do Brasil

Terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Economia

Bolsa japonesa fecha em alta por PMI da China e Fed

Jornal do Brasil

A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão desta quinta-feira em alta, depois que a leitura otimista do setor industrial da China deu fôlego ao apetite por risco e atenuou algumas das perspectivas mais pessimistas sobre a segunda maior economia do mundo.

O índice Nikkei ganhou 2,11%, aos 14.337,79 pontos.

A Bovespa fechou em queda nesta quarta-feira (21) pelo terceiro dia seguido e se mantendo no menor nível do mês, alcançado na terça. O Ibovespa perdeu 0,31%, para 52.203 pontos. Na semana, a bolsa já tem queda de 3,28%. No mês, há alta de 1,12% e no ano, de 1,35%.

As ações da Petrobras subiram 0,92% e as da Vale, 0,58%. Já os papéis do Itaú e do Bradesco caíram 2,13% e 2,54%, respectivamente.

Na tarde desta quarta foi divulgada a ata da reunião do Federal Reserve de abril, que apontou ter havido discussão sobre maneiras de elevar as taxas de juros de curto prazo. No entanto, o documento diz que a abordagem do tema é apenas um "planejamento prudente" e não um sinal de que a alta dos juros virá em algum momento em breve.

Segundo a ata, o crescimento da economia americana registra um aumento “moderado”, mas esse avanço pode ser comprometido por uma escalada da tensão na Ucrânia. Por conta disso, a bolsa de Wall Street manteve os ganhos.

>> Ata do Fed confirma que economia dos EUA cresce moderadamente

Durante a abertura em Wall Street, os principais índices da bolsa já estavam com variações positivas por conta das expectativas com os resultados do Fed.

Com a confirmação de que a economia dos EUA cresce moderadamente, os índices em Wall Street imediatamente subiram mais um pouco. De acordo com o consultor independente de investimentos Maurício Zlatkin, o mercado sempre reage em função de novos dados. “O mercado hoje está sustentado em função disso”, disse.

O índice Dow Jones subiu 152.99 pontos, ou 0,93%, para 16,527.3. O S&P 500.SPX ganhou 13,73 pontos, ou 0,73%, e avançou para 1,886.56. O Nasdaq adicionou 31,39 pontos, ou 0,77%, indo para 4,128.28.

As bolsas europeias fecharam em alta nesta quarta-feira, impulsionadas pelo avanço das ações do grupo dinamarquês de petróleo e navegação A.P. Moller-Maersk . Os papéis das alemãs E.ON e RWE também contribuíram para o desempenho.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações do continente, fechou em alta de 0,57%, a 1.364 pontos.

Em Londres, o índice Financial Times avançou 0,28%, a 6.821 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX subiu 0,61%, para 9.697 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 registrou alta de 0,37%, a 4.469 pontos. Em Milão, o índice Ftse/Mib ganhou 1,07%, para 20.597 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 expandiu 0,74%, a 10.531 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 teve desvalorização de 0,57%, para 6.857 pontos.

Tags: alta, Bolsas, economia, mercado, tóquio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.