Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

Economia

China e Rússia assinam acordo bilionário de fornecimento de gás

Agência ANSA

A empresa de energia russa Gazprom assinou um acordo histórico com a China para o fornecimento de gás ao país por 30 anos. Estavam presentes na assinatura o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e seu homólogo chinês, Xi Jinping. 

    Segundo informou o CEO da Gazprom, Alexey Miller, com o acordo, a Rússia deverá fornecer 38 bilhões de metros cúbicos de gás à China por ano. 

    "Este é o maior contrato da Gazprom. Nenhuma companhia já firmou um contrato do gênero", declarou Miller, assegurando que "todas as questões principais foram resolvidas". 

    O CEO da Gazprom declarou que o acordo foi fechado por US$400 bilhões (o equivalente a cerca de R$ 880 bilhões). Porém, Miller não divulgou o preço do metano, pois este seria "um segredo comercial". 

    O contrato de 30 anos deverá ter início a partir de 2018.

União Europeia

    O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, em carta endereça ao presidente Vladimir Putin, pediu que o fornecimento de gás para a União Europeia não seja interrompido.

    "O fornecimento de gás não deve ser interrompido, conto que a Rússia mantenha seu empenho, é responsabilidade da Gazprom assegurar o fornecimento de gás como estabelecido em contrato com a União Europeia", escreveu o presidente da União Europeia. (ANSA)

Tags: acordo, energia, gás, jinping, putin

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.