Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

Economia

Ibovespa tem segunda queda consecutiva 

Principal índice da Bolsa de SP fechou em baixa de 1,85%

Jornal do Brasil

O principal índice acionário da Bolsa de Valores de São Paulo, o Ibovespa, fechou em queda de 1,85% nesta terça-feira, a 52.366 pontos. O giro financeiro da sessão ficou em R$ 7,343 bilhões.

Foi a segunda queda consecutiva, seguindo a baixa dos principais índices de Wall Street e aversão a investimentos de risco por preocupações com a economia dos Estados Unidos. O setor de varejo americano teve resultados fracos, colocando em dúvida o ritmo de crescimento da maior economia do mundo.

As ações europeias também fecharam em queda, pressionadas pelo papel da Vodafone, após a segunda maior operadora de redes de telefonia móvel do mundo anunciar baixa contábil de 6,6 bilhões de libras (11 bilhões de dólares). O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações do continente, recuou 0,14%, a 1.357 pontos. 

Em Londres, o índice Financial Times recuou 0,62%, a 6.802 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,21%, para 9.639 pontos. Em Paris, o índice CAC-40 registrou baixa de 0,39%, a 4.452 pontos. Em Milão, o índice Ftse/Mib ganhou 0,3%, para 20.379 pontos. Em Madri, o índice Ibex-35 expandiu 0,27%, a 10.453 pontos. Em Lisboa, o índice PSI20 teve desvalorização de 0,05%, para 6.896 pontos.

Nesta terça-feira, as ações asiáticas apontaram fraqueza, apesar do desempenho consistente em Wall Street que sustentou os papéis japoneses.

Pouco antes das 08h, o índice MSCI, que agrupa as ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,37%. Contudo,  o índice japonês Nikkei foi contra a tendência de queda e fechou em alta de 0,5%, rompendo também uma sequência de quatro sessões de perdas.

Na Tailândia, os investidores asiáticos continuaram monitorando os últimos acontecimentos, depois das notícias de declaração de lei marcial por parte de forças do exército, após seis meses de protestos contrários ao governo. 

Tags: baixa, Bolsas, economia, mercado, Mundo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.