Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

Economia

El País: "Situação na América Latina pode ser mais difícil que o previsto"

Jornal espanhol publicou entrevista com o diretor do departamento de América Latina no FMI

Jornal do Brasil

O jornal espanhol El País publicou neste sábado (17) uma entrevista com o diretor de departamento de América Latina no Fundo Monetário Internacional (FMI), Alejandro Werner, sobre as previsões de crescimento para a região. O autor lembra que o FMI deu notícias "agridoces" em abril sobre a América Latina: ela continuaria crescendo mais que as economias desenvolvidas, mas as projeções para 2014 teriam baixado em meio ponto, para 2,5%. Segundo Werner, as previsões podem diminuir outra vez e a necessidade de reformas é crescente.

De acordo com ele, os dados do primeiro trimestre do México foram mais fracos do que o esperado porque os Estados Unidos também tiveram um arranque mais fraco. No Brasil, o prognóstico é de 1,8% e dificilmente haverá revisão, segundo o entrevistado, ainda que provavelmente as economias da costa do Pacífico tenham tido uma desaceleração maior que a antecipada. 

O diretor aponta o crescimento de inversão derivado de fatores internos, uma economia mais diversificada, o aumento da produtividade e a proficiência interna como armas para combater a dependência excessiva dos Estados Unidos. Ele também afirma a necessidade de um quadro fiscal sustentável, exemplificando a proposta fiscal do Chile, na qual em um período de cinco anos o governo quer incrementar a arrecadação sobre o PIB em três pontos: dois para a educação e outro para melhorar a balança fiscal. Quando à parte de infraestrutura, Werner defende que muitos países aperfeiçoaram as bases da colaboração público privada para reduzir a necessidade de recursos públicos.

Tags: AMÉRICA LATINA, crescimento, entrevista, FMI, Previsão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.