Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Economia

Lucro do BNDES fica estável no primeiro trimestre

Resultado atingiu R$ 1,56 bilhão, contra R$ 1,59 bilhão no mesmo período de 2013

Agência Brasil

O lucro líquido do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no primeiro trimestre deste ano atingiu R$ 1,56 bilhão, mostrando estabilidade em comparação ao registrado no  mesmo período do ano passado (R$ 1,59 bilhão). Segundo o BNDES, o valor apurado foi sustentado pela contribuição dos financiamentos a projetos de investimentos.

O segmento de renda fixa, que contabilizou R$ 3,1 bilhões no período, com alta de 17% em relação ao acumulado entre janeiro e março de 2013, influenciou o resultado final do banco no primeiro trimestre, do qual participou com 90,4%. 

De acordo com o BNDES, a expansão do segmento acompanhou o aumento das operações de crédito e repasses em moeda nacional. Nessa área, teve destaque o Programa BNDES de Sustentação de Investimento (BNDES PSI), que incentiva  o investimento produtivo das empresas brasileiras. A carteira de crédito e repasses da instituição evoluiu 2,2% (R$ 12,5 bilhões) no trimestre.

Em contrapartida, o segmento de renda variável teve queda de R$ 200 milhões, ou o equivalente a  57,3%, em relação ao primeiro trimestre de 2013, em função da instabilidade dos mercados de capitais. Com isso, a participação do segmento no lucro do banco caiu de 8,2% para 3,7%.

O BNDES ressaltou, entretanto, que apesar do cenário de incerteza, o nível de  inadimplência nunca esteve tão baixo na história da instituição, atingindo no trimestre 0,01%, contra 3% de inadimplência média do Sistema Financeiro Nacional em março passado, de acordo com o Banco Central. No primeiro trimestre de 2013, a inadimplência do BNDES foi 0,04%. Na avaliação do banco, o resultado reflete a robustez  e a qualidade da carteira de crédito e repasses.

Outros resultados apurados  de janeiro a março deste ano ficaram acima dos números registrados no mesmo período de 2013. Entre eles, os relativos ao patrimônio líquido do Sistema BNDESe ao patrimônio de referência (PR), que alcançaram, respectivamente, R$ 54,6 bilhões e R$ 97,3 bilhões, contra R$ 46,8 bilhões e R$ 85,3 bilhões no acumulado dos três primeiros meses de 2013.

De acordo com o BNDES, os ativos totais do sistema superaram o resultado do primeiro trimestre do ano passado (R$ 698,4 bilhões), alcançando  R$ 777,8 bilhões no período pesquisado.

Tags: balanço, banco, DESENVOLVIMENTO, estabilidade, nacional

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.