Jornal do Brasil

Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Economia

Petrobras bate recordes de eficiência operacional na Bacia de Campos

Jornal do Brasil

O Programa de Aumento da Eficiência Operacional (PROEF), estratégico para o cumprimento das metas do Plano de Negócios e Gestão da Petrobras, mostra que a Unidade de Operações do Rio de Janeiro (UO-RIO) bateu, em março deste ano, o recorde de eficiência operacional dos últimos três anos. A Unidade atingiu 96,2% de aproveitamento, atingindo a produção de 844 mil barris de petróleo por dia (bpd) em março. Em fevereiro, o resultado foi de 93%. A melhor marca já registrada pela Unidade foi de 96,4%, em dezembro de 2010.

Na Unidade de Operações da Bacia de Campos, o resultado alcançado no mês de abril superou os índices dos últimos 46 meses, chegando a 80,6%. No período é a primeira vez que o índice volta a casa dos 80%, demonstrando a consistência das ações implementadas pela companhia.

O Proef é uma ferramenta de gestão implantada em novembro de 2012 para elevar o aproveitamento operacional da Petrobras na Bacia de Campos, reforçar a segurança para a força de trabalho e preservar a integridade das instalações e equipamentos.

O programa é composto por 13 iniciativas. Essas foram definidas internamente como pontos de melhoria e ações de sustentabilidade da produção de petróleo e gás natural para conter a tendência natural de declínio da produção, que resulta do desenvolvimento dos reservatórios e do desempenho operacional dos equipamentos. Levadas à frente pelas Unidades de Operação da Petrobras que atuam na Bacia de Campos, as ações de curto e longo prazo envolvem manutenção e novos sistemas de gestão e estão alinhadas ao Plano de Negócios e Gestão da companhia. 

Tags: bacias, estatal, litoral, Produção, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.