Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Economia

Governo cumpre meta de superávit primário, diz secretário

Agência Brasil

“Vamos divulgar o resultado de abril no final do mês de maio, mas as informações que temos nos levam a dizer com tranquilidade que nós atingimos a meta do quadrimestre”, disse o secretário à imprensa, após participar da reunião mensal fechada com a Comissão de Finanças da Câmara, para debater a execução orçamentária da União.

Segundo o secretário, a arrecadação de abril e as despesas "permitiram um superávit primário muito forte”. “Abril é um mês de receitas mais altas em função do calendário de pagamentos de tributos e se confirmou o que nós tínhamos previsto de receitas e despesas”, acrescentou.

Augustin disse ainda que a despesa do governo com o reajuste de 10% no valor dos benefícios do Bolsa Família já estava previsto. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social informou, o reajuste vai gerar impacto fiscal de R$ 1,7 bilhão em 2014 e R$ 2,7 bilhões em 2015.

O esforço fiscal permite a redução do endividamento do governo no médio e no longo prazo. Para todo o ano, a meta do Governo Central é economizar R$ 80,8 bilhões, equivalentes a 1,55% do Produto Interno Bruto (PIB - soma das riquezas produzidas no país). Os estados e municípios deverão fazer superávit primário de R$ 18,2 bilhões – 0,35% do PIB. No total, o superávit primário do setor público deverá fechar o ano em R$ 91,306 bilhões – 1,9% do PIB. “A meta de 1,9% será cumprida”, reforçou o secretário.

Tags: bolsa família, comissão de finanças da câmara, economia, meta, superávit, tesouro nacional

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.