Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

Economia

Procon promove semana da Educação Financeira para orientar consumidores

Agência Brasil

Para esclarecer dúvidas de consumidores com problemas financeiros, o Procon promove até a próxima sexta-feira (9) a primeira edição da Semana Nacional de Educação Financeira. O projeto, da Secretaria nacional do Consumidor (Senacon), ocorre simultaneamente em diversas regiões do país. No Rio de Janeiro, o atendimento itinerante começou hoje (6), no calçadão de Campo Grande, zona oeste da cidade.

A iniciativa também pretende orientar os consumidores sobre como usar dinheiro sem entrar em problemas com bancos. Nesta quarta-feira (7), o Procon Móvel estará em frente à estação de trem de Madureira, na zona norte da capital fluminense, atendendo ao público das 9h às 17h. Para a coordenadora de atendimento do Procon, Soraia Panella, essa é uma oportunidade da população aprender a ter uma melhor relação com o consumo.

“As ações têm o papel de mostrar que é possível ser um consumidor consciente. A ideia também é tentar resolver a demanda dos consumidores que nos procurarem com problemas financeiros, o quanto antes”, explicou Panella.

Na quinta-feira (8), um mutirão com representantes de bancos e da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) do Rio de Janeiro será realizado, no Largo da Carioca, centro do Rio, para verificar eventuais pendências no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Oito advogados e uma equipe administrativa auxiliarão os trabalhos dos representantes das instituições.

“O Procon sempre é procurado por problemas ligados a bancos. Os mais comuns são em relação a cheque especial, tarifas bancárias e cartão de crédito. Esse último, sem dúvida, é uma das maiores dores de cabeça da população. Mas um problema crônico, que talvez ultrapasse a demanda de cartão de crédito, é o banco consignado. Virou um problema de raiz para nós”, disse a coordenadora.

Para receber orientação no Procon Móvel, os consumidores devem levar identidade e CPF, além de documentação que possa auxiliar na resolução dos casos. Mais informações podem ser obtidas no site da Semana de Educação Financeira 2014.

Tags: consumo, educação, FINANÇAS, gastos, Site

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.