Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

Economia

Queda de energia na Reduc prejudica produção de derivados de petróleo

Agência Brasil

Uma parada programada para hoje (30) às 5h30, na Unidade Termelétrica Leonel Brizola, que fica ao lado da Refinaria Duque de Caxias (Reduc), provocou uma pane em todo o sistema da refinaria, no momento em que a Reduc se preparaqva para reduzir o consumo elétrico.

A pane ocorreu por volta das 5h45. As chamas da tocha que fica permanente acesa atingiram 30 metros de altura, provocando uma fumaça negra que chegou a encobrir o céu e foi vista por quem passava pela Rodovia Rio-Petrópolis (BR-040) e também pela Avenida Brasil, principal ligação do centro do Rio com bairros da zona norte e oeste da cidade.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Petroleiros de Duque de Caxias (Sindipetro-Caxias), Simão Zanardi, a Reduc tem 30 unidades em funcionamento e produz 240 mil barris de petróleo por dia, além de insumos petroquímicos, óleo lubrificante, parafina, enxofre, gasolina, óleo diesel, nafta, e gás liquefeito de petróleo (GLP), entre outros. Segundo Zanardi, o volume da queima dos gases já diminuiu consideravelmente e não houve feridos durante o desligamento do sistema elétrico.

"O sistema está sendo religado gradativamente, mas para normalizar toda a produção leva três dias", avaliou Zanardi. Ele disse ainda que o mercado não vai ser afetado, porque a empresa tem estoque suficiente para atender a demanda.

Em nota, a Petrobras informou que às 5h45 de hoje (30) ocorreu parada da Refinaria Duque de Caxias (Reduc) em função de queda do sistema elétrico interno. A parada ocorreu de forma segura, garantindo a integridade das pessoas e das instalações. O sistema está sendo restabelecido para normalização das atividades.

Tags: Duque de Caxias, energia, funcionamento, pane, Petróleo, termelétrica

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.