Jornal do Brasil

Segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

Economia

'The Wall Street Journal': Eike está destemido em relação à investigação

Jornal norte-americano entrevistou o empresário brasileiro, que responde a uma investigação criminal

Jornal do Brasil

O jornal norte-americano The Wall Street Journal lançou uma reportagem na última sexta-feira na qual foi entrevistado o empresário brasileiro Eike Batista, que responde a uma investigação criminal sobre a quebra de sua companhia de petróleo.

A acusação é de que teriam sido cometidos crimes financeiros, como manipulação do mercado, lavagem de dinheiro e abuso de informação privilegiada.

Eike disse ao jornal que é "excelente que tudo fique claro" e que está muito calmo. "Deixe eles investigarem", continuou. O empresário garantiu que todas as vendas foram declaradas e que tudo em relação às suas empresas sempre foi exposto ao mercado.

>> Eike Batista: das projeções otimistas à investigação pela Polícia Federal

>> Eike Batista, os astros e a incompetência

>> Com apenas 6 anos, OGX tem direito à recuperação?

>> Com tantas denúncias envolvendo Eike, como recuperação judicial foi concedida? 

>> Eike Batista está sendo investigado pela CVM por violação da lei

>> Acionistas minoritários da OGX processam Eike

Por último, a reportagem relembra que Eike já foi a pessoa mais rica do Brasil, mas viu seu montante declinar de mais de $30 bilhões de dólares em 2012 para menos de $1 bilhão logo após que sua empresa de petróleo falhou em alcançar as metas de produção. Segundo a matéria, a quebra teria sido um dos maiores fracassos na história da América Latina. 

Tags: crime, eike, eike batista, fracasso, investigação, quebra

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.